Header Ads

O menor de todos.


O menor de todos.

[Ef. 3: 8] “A mim, o menor de todos os cristãos, foi dada a graça de anunciar aos pagãos a incalculável riqueza de Cristo”.

Certamente que sabemos o modo como muitos agem quanto à confiança recebida de Deus em os fazerem conhecer o mistério de Cristo. Mistério este não revelado as gerações passadas e que agora é declarado pelo Espírito aos santos. Este mistério envolve o Evangelho que chama os excluídos a compartilhar com Cristo da mesma promessa anunciada por Deus para os descendentes de Abraão [v.2-6].

Mas, nem todos são assim. Paulo pelo dom da graça que Deus lhe deu por ser ministro desse Evangelho se considerava o menor de todos, enfrentava terríveis tribulações e ainda achava tudo isso motivo de gloria [v.13].

Newton Carpintero, amigo e pastor. Residente na Florida, USA, se sente o menor de todos. Sempre. Embora seja casado há 33 anos e 23 meses, tem 3 filhas, 3 genros e 3 netas e ama sua sogra como um servo de Deus e por simplesmente amar.

Pastor Waldyr do Carmo um servo chamado para a Igreja Casa de Oração em Itaperuna RJ., ainda encontra tempo para administrar e organizar toda a mídia da Rede Social Cristã, formatar as páginas, publicar artigos no: Momentos Devocionais, e, se considera o menor de todos. Por que nunca divulgou nada disso e nem se apresenta com tal.

E, muitos outros que sabem que um bom servo de Deus não deve ser observado simplesmente por ser o maior pastor e o mais importante pregador, mas sim por aquilo que ele realiza em segredo por amor e que somente Deus conhece, fazendo de si, o menor perante seus “colegas”. Agradar a Deus fielmente não significa tornar impecáveis as estruturas do templo, nem tratar minuciosamente as etiquetas dos eventos, e, tão pouco criar uma burocracia escravizante nos dízimos; significa, isto sim, buscar a paz de Cristo para as famílias da Igreja; buscar inspiração na misericórdia de Deus para trocar tudo e todas as coisas importantes por uma ovelha pobre, enferma e desgarrada, a fim de que ela [a menor e todas] volte a ter vida e relações mais fraternas [Mt. 5: 17-19].

No fundo sabemos, com efeito, que se a nossa justiça [misericórdia] não superar a dos doutores da Lei e a do mundo, não entraremos no Reino do Céu [Mt. 5: 20].

Luiz Clédio Monteiro 
Fundador da Rede Social Cristã
Blog [Doutrina Cristã]: www.cledio.blogspot.com
        E-mail: Lcmf56@hotmail.com
Tecnologia do Blogger.