Header Ads

O mundo não é a terra prometida.




O mundo não é a terra prometida.

[por: Luiz Clédio Monteiro Filho]

[Ex. 33: 14] Irá a minha presença contigo...

Não se engane meu irmão, este mundo não é aquela terra prometida por Deus; por melhor que possa ser.  

Tem hora que tudo parece ser aquilo que Deus nos prometeu. Principalmente quando saímos de um grande tormento de dificuldades. Quando estamos vivendo um momento de núpcias por exemplo. Ou quando se ganha um filho. Nestes momentos de felicidades realmente nos sentimos como vivendo numa nova terra, num novo céu. 

Mas quando estamos em ambiente de médicos, hospitais, funerária, e outros problemas de ordem financeira e sentimental; lembramos que esse mundo é cruel e, nem de longe é o lugar que Deus nos prometeu. Parecia ser aqui, de repente não é mais. Então se não é aqui, onde fica esse tal lugar, mesmo? Se ele existe, como ele é?

Creio que existe sim um lugar em que possamos nos sentir em paz, consolado, abençoado, agradecido. Um lugar onde não vivemos para nós mesmo, mas para servir e amar os irmãos. Um lugar onde aceitamos as pessoas assim como são. Um lugar onde nosso compromisso maior é ser uma benção revelada em Jesus. Um lugar onde o “amém” e a “aleluia” ecoam o tempo todo em meio à euforia e a alegria de um coração movido pelo Espírito para perdoar ate os crimes mais difíceis de suportar, como se estivéssemos no lugar de Deus. Enfim um lugar onde todo mal proclamado contra nós se transforma em bem a fim de cumprir o projeto de Deus.

Deus age dentro das orações, e somente aqueles que distinguem isso poderão chegar a desfruta daquele perfeito lugar prometido pela transformação deste lugar sofrido. Tal mudança só se dar pela ação da oração. Na oração toda relação da vida comum se transforma em relação fraternal. Todo discernimento e clima se transforma naquele lugar escolhido por Deus onde ele abre seus olhos e atentar seus ouvidos à oração que fizermos a partir deste lugar [2 Cr. 7].   

E mesmo quando velhinhos estivermos, Deus cuidará de nós fazendo sentir-nos em oração subindo daqui para a terra que ele prometeu em juramento [Gn. 50: 24]. Portanto ore sempre, o tempo todo; ore usando o Espírito em espírito. Ore perseverando na oração de coração suplicando pelos santos; e, como Moisés, falaremos face a face com Deus como alguém que fala com seu amigo [Ex. 33: 11].

Este é o clamor do seu coração? Então este momento sofrido se converterá num outro momento em que você entrará em comunhão íntima de amizade com Deus, sempre que orar e louvar em adoração pelo nome de Jesus.

Deus está esperando a sua oração para agir [M.Cerullo].
Tecnologia do Blogger.