A fé, como justiça.




Por: Luiz Clédio Monteiro

O homem bom, tem orgulho de sua bondade, e sente-se salvo por obedecer às regras. Se, temos então a certeza da salvação por sermos bons, e crentes, então a salvação não é um dom gratuito da Graça de Deus, mas sim, uma retribuição dada somente aos bons homens, pelas boas obras prestadas como cidadão e cristão.

Mas Abraão, o pai da fé, não teve nenhum embasamento que justificasse o seu chamado por Deus para sua salvação. Abraão, não obedeceu nenhuma lei judaica, pois ainda nem sequer existia o judaísmo, e nem a circuncisão tinha feito, pois essa foi posteriormente criada por justificação da sua fé, e não como ato de remissão de pecado. Na verdade somos como Abraão, salvos pela fé e não pelo legalismo de ritos, como o batismo em si.

Quando desviado andava todos nós, para a esquerda e para a direita. Ouvimos a palavra da salvação, falada por Deus, aos nossos ouvidos por trás de nós, (Is. 30:21). O coração, estava cheio de pecado e coisas torpes, não obedecíamos nenhuma lei cristã, e não tínhamos o Espírito Santo. Ao crermos na Palavra Sagrada sobre Jesus, fomos salvo. O batismo, no entanto, é um sinal externo do perdão que já tínhamos recebido; justificando a nossa fé, no impossível ato de sentir-nos salvo por Jesus Cristo, como pecador; declarado justo, e bom diante de Deus.

Só então salvo, foi que descobrimos que o mundo não é deus e não pode oferecer nenhuma proteção. Devendo vivermos de acordo com as normas da Nova Aliança, que asseguram a solidariedade perene entre nós, tendo Jesus com nosso aliado. No mais, Deus é o Senhor da vida, é Ele que desfará toda opressão, libertando do mal quem quer, que, Ele queira, independente de merecimento; como foi conosco, quando pagão, achamos a misericórdia divina pela fé em Cristo.

Qualquer um que queira satisfazer a Deus, tentando obedecer às leis; é suspeito, falhará. É uma espécie de ímpio, por que não tem consideração nem por Deus, nem pelos irmãos. Pois não crer na promessa de Deus, de dar vida aos mortos (culpados).

A única maneira de agradarmos a Deus, é crendo em seu Filho, Jesus Cristo. Todos os pecadores que assim o fizerem, causará complacência, e satisfação agradável aos olhos de Deus. Mesmo que condenados pela lei, Deus, os salvará da sua própria ira. Porque feliz, bem-aventurado e digno de inveja, é o pecador indigno, desprezado, que é declarado sem culpa por Deus (Rm. 4:6-7). Ele verá sua salvação com tanta convicção, como se ela já pertencesse ao seu passado (Rm. 4: 17).

Ter fé, e entregar a própria vida a Deus, é esperar contra toda esperança. A justiça do crente salvo é a fé confiante de que Deus pode realizar tudo o que promete, quando acreditamos que Ele ressuscitou Jesus Cristo, dentre os mortos, para nos livrar da morte do pecado, e nos dar a vida nova.

Deus, declara que os pecadores são bons aos seus olhos, se eles crerem que Cristo pode salva-los da ira de Deus (Rm. 4:5).
Share on Google Plus

About Doutrina Cristã

11 comentários:

  1. Seu blog é um show, já sou seguidor. Deus abençõe.

    ResponderExcluir
  2. Luis Clédio, é maravilhoso seguir a Cristo. Quem nós viu e quem nós somos hoje, hein?Por favor avisar-me quanto ao encontro de casais. Paz de Cristo do seu irmão Tony. http://www.3at101.hdfree.com.br

    ResponderExcluir
  3. Paz em Cristo jesus eu gostei muito do teu Blog é mo benção... ((Veja))www.blog-vidaprofetica.blogspot.com deixe um comentaria blz até logo valeuuuuu...

    ResponderExcluir
  4. Gosto de ler seu blog pois há muitas coisas que não entendo e ficam claras a medida que vou lendo.
    Tem até umas coisas(bem bobas mesmas) que eu achava que eram verdades, mas não é.
    Deus é tão maravilhoso que nos dá uma nova oportunidade a cada dia.
    E seu blog é um instrumento de Deus.
    Obrigada mesmo.
    abraços, boa semana.
    =D

    ResponderExcluir
  5. Olá Luiz, tudo bem? Obrigado pela visita ao Sala do Pensamento, e aqui estou para conhecer a sua "sala".

    Eu não sou exatamente o que se poderia chamar de "crente evangélico normal". Sou cristão, mas devido à minha mente irriquieta e sempre insatisfeita, sempre me pego questionando as minhas próprias certezas.

    Não aceito nada pronto. Nada fechado. Não gosto de dogmas. Logo, não tenho nenhum problema em pensar e questionar os dogmas sagrados do cristianismo, visto que tudo na Bíblia é teologia, assim como tudo o que se diz da Bíblia também é processo teológico.

    Faço isso sem rancores, sem soberba, e na medida do possível, sem magoar ninguém que tenha na ortodoxia, o seu porto seguro.

    Não sou contra os conservadores de maneira alguma. Sou contra a intolerância intelectual e espiritual que alguns deles possuem.

    Também não gosto de ser chamado de "liberal", pois como já disse, não gosto de dogmas, nem dos dogmas liberais.

    Acredito no valor do dogma. Só não acredito na imposição do dogma, seja ele qual for, como última palavra em questões em que apenas apalpamos como cegos na escuridão da nossa própria ignorância.

    Espero poder trocar ideias contigo, se for possível, já que o comentário que você fez no meu blog me dá a impressão de você ter algum problema com livres pensadores rss

    Vou estar sempre por aqui, ok? sinta-se livre lá na sala do pensamento para criticar, discordar; só não esteja livre para ser intolerante, ok? (não que eu ache que você seja intolerante); mas se ainda assim você quiser ser intolerante, fique à vontade também, eu procuro sempre tolerar os intolerantes rssss

    Abraços fraternos

    ResponderExcluir
  6. Olá, primeiro quero parabenizar vc pelo belo blog. Um site de muito conteudo como estamos precisando na net. E os temas abordados são bem escritos, ótimo. E quero te convidar para conhecer o meu blog GRAÇA PLENA, ali vc tb vai achar um pouco de literatura, cd, humor, teologia e informação. Será uma honra ter suas impressões.

    Joelson Gomes
    http://gracaplena.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Ola boa noite,
    Como vai???
    Assim que der poste o texto sobre a "1ª Blogagem coletiva: Sinais do fim dos tempos – Prenúncios da volta de Cristo!"
    Que se realizou dia 30 de novembro
    Fique com Deus.
    E até a próxima vez em que uniremos as forças novamente.
    Faça um Blogueiro feliz, comente!
    http://aureliomcgomes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. olá, estou seguindo o seu blog, espero sua visita e comentários.
    paz e bem

    ResponderExcluir
  9. Oi, estou retribuindo sua visita ao meu blog.Obrigada. Seu espaço é muito edificante, por isso já estou seguindo o mesmo?
    Fique na paz!

    ResponderExcluir
  10. Oi, gostei do seu blog, Já sou seguidora, fik na paz de Cristo.

    ResponderExcluir

Não use o silêncio como a melhor forma de dizer Aleluia!
Deixe seu comentário.
Ele é muito importante.
Obrigado