Breaking News

ads header
  • Breaking News

    domingo, 4 de dezembro de 2016

    REVELANDO ASPECTOS



    REVELANDO ASPECTOS


    [Parte: I]


    Com relação aos Evangelhos, eles têm dois aspectos: Um com o gênero de literatura da vinda do Reino de Deus; e, o outro da Graça do Reino de Deus. No primeiro, Jesus é um Deus homem que morreu e foi sepultado; no segundo, Jesus é um homem Deus ressuscitado, que ascendeu aos Céus.

     Os dois, embora ponderem o cristianismo na sua origem, e conta a vida de Jesus, o primeiro, ensina que o Reino de Deus está próximo, a justiça do reino é chegada. O tempo do julgamento chegou – [Mt. 3:1-2] Naqueles dias, apareceu João Batista, pregando no deserto da Judéia: “Convertam-se, porque o Reino do Céu está próximo.”

    Ele faz um convite a uma mudança radical de vida, porque já se aproxima o Reino, que vai transformar radicalmente as relações entre os homens – [Mt. 3: 5-6] Os moradores de Jerusalém, de toda a Judéia, e de todos os lugares em volta do rio Jordão, iam ao encontro de João. Confessavam os próprios pecados, e João os batizava no rio Jordão.

    Neste Evangelho, as primeiras palavras de Jesus apresentam o programa de toda a sua vida e ação: cumprir toda a justiça, isto é, realizar plenamente a vontade de Deus e seu projeto salvador – [Mt. 3: 13-17] Jesus foi da Galiléia para o rio Jordão, a fim de se encontrar com João, e ser batizado por ele. Mas João procurava impedi-lo, dizendo: “Sou eu que devo ser batizado por ti, e tu vens a mim?” Jesus, porém, lhe respondeu: “Por enquanto deixe como está! Porque devemos cumprir toda a justiça.” E João concordou. Depois de ser batizado, Jesus logo saiu da água. Então o céu se abriu, e Jesus viu o Espírito de Deus, descendo como pomba e pousando sobre ele. E do céu veio uma voz, dizendo: “Este é o meu Filho amado, que muito me agrada.”

    Nele é apresentado os sinais do Reino: os marginalizados são reintegrados – [Mt. 8: 1-4] Quando Jesus desceu da montanha, grandes multidões começaram a segui-lo. Eis que um leproso aproximou-se e ajoelhou-se diante de Jesus, dizendo: “Senhor, se queres, tu tens o poder de me purificar.” Jesus estendeu a mão, tocou nele e disse: ‘Eu quero, fique purificado.” No mesmo instante o homem ficou purificado da lepra 4 Então Jesus lhe disse: “Não conte isso a ninguém! Vá pedir ao sacerdote para examinar você, e depois faça a oferta que Moisés mandou, a fim de que seja um testemunho para eles.”

    Jesus mostra que as fronteiras do Reino agora é a fé na palavra libertadora. Se não houver essa fé, também não haverá possibilidade de entrar no Reino de Deus – [Mt. 8: 5-10] Jesus estava entrando em Cafarnaum, quando um oficial romano se aproximou dele, suplicando: “Senhor, meu empregado está em casa, de cama, sofrendo muito com uma paralisia.” Jesus respondeu: “Eu vou curá-lo.” O oficial disse: “Senhor, eu não sou digno de que entres em minha casa. Dize uma só palavra e meu empregado ficará curado.” Quando ouviu isso, Jesus ficou admirado, e disse aos que o seguiam: “Eu garanto a vocês: nunca encontrei uma fé igual a essa em ninguém de Israel!”

    É esclarecido que o sentido da justiça do Reino é inseparável da misericórdia. Ela tem o poder de perdoar – [Mt. 9: 1-2] Jesus subiu numa barca, passou para a outra margem e chegou à sua cidade. Nisso, levaram a ele um paralítico deitado numa cama. Vendo a fé que eles tinham, Jesus disse ao paralítico: “Coragem, filho! Os seus pecados estão perdoados.”

    Este poder, traz novo modo de viver na justiça e na misericórdia: doravante, os pobres serão evangelizados e partirão para evangelizar – [Mt. 11: 25-26] Naquele tempo, Jesus disse: “Eu te louvo, Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste essas coisas aos sábios e inteligentes, e as revelaste aos pequeninos. Sim, Pai, porque assim foi do teu agrado.”

    A vinda definitiva do Reino de Deus é um dom gratuito – [Mt. 20: 15-16] Por acaso não tenho o direito de fazer o que eu quero com aquilo que me pertence? Ou você está com ciúme porque estou sendo generoso?’ Assim, os últimos serão os primeiros, e os primeiros serão os últimos.

    Final. O Messias vai ser morto - Devemos sempre estar preparadas para o encontro com o Senhor, mediante a prática da justiça – [Mt. 26: 1-2] Quando Jesus acabou de dizer todas essas palavras, ele falou a seus discípulos: “Vocês sabem que daqui a dois dias vai ser a festa da Páscoa, e o Filho do Homem será entregue para ser crucificado.”

    A promessa. A fidelidade de Jesus aos seus é real – [Mt. 26: 30-32] Depois de terem cantado salmos, foram para o monte das Oliveiras. Então Jesus disse aos discípulos: “Esta noite vocês todos vão ficar desorientados por minha causa, porque a Escritura diz: ‘Ferirei o pastor, e as ovelhas do rebanho se dispersarão’. Mas depois de ressuscitar, eu irei à frente de vocês para a Galileia”.

    Entretanto, existem muitos outros evangelhos. Mas, se é pelo dedo de Deus que eu expulso os demônios, então o Reino de Deus chegou para vocês. [Lc. 11: 20]

    [Por: Luiz Clédio Monteiro – dez/2016]

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Não use o silêncio como a melhor forma de dizer Aleluia!
    Deixe seu comentário.
    Ele é muito importante.
    Obrigado