Breaking News

ads header
  • Breaking News

    quinta-feira, 17 de março de 2011

    Alegremo-nos no Senhor!


    Alegremo-nos no Senhor!

    [Gl. 4: 15] “Onde está a alegria que vocês experimentaram então?”

    O entusiasmo inicial do crente neófito é algo inédito. Quem não se lembra do versículo que o chamou à frente para a conversão. Quem não se lembra do pregador que fez o “apelo”. Da data. Do amigo que o convenceu a ir aquele culto. Tudo isso é incomparável, como se fora o dia do nosso casamento, ou da formatura. É inesquecível, fomos tratados com carinho, e, as pessoas, “os irmãos” da igreja para nós eram como enviados de Deus. Apesar de não entendermos bem o que se passava; a alegria era algo do céu em nossa volta.

    Mas com o tempo o mundo que conhecíamos e achávamos tão normal, agora é como um oferecido que quer nos aprisionar com seu ponto de vista. Então começamos a vive uma gestação que iniciou verdadeiramente num acontecimento de amor, mas que a cada dia se aproxima mais das dores de um parto. Todavia essas dores que sentimos agora, já causaram sofrimento em outras pessoas pela incerteza quando nos geramos na conversão para filhos pela fé.

    Alegremo-nos no Senhor, vivemos a plenitude da fé, com esperança e alegria no amor. Por que Deus enviou o seu Filho que nasceu de uma mulher, e, nos resgatou da submissão dos preceitos, a fim de sermos adotados como filhos. A prova de que somos filhos é o fato de que Deus enviou aos nossos corações o Espírito do seu Filho que clama: Abba, Pai!

    Portanto, alegremo-nos não estamos mais presos neste mundo, somos filhos; e se somos filhos, somos também herdeiros por vontade de Deus [v. 6-7].

    Luiz Clédio Monteiro 
    Fundador da Rede Social Cristã
    Blog [Doutrina Cristã]: www.cledio.blogspot.com
            E-mail: Lcmf56@hotmail.com

    2 comentários:

    1. Bom dia meu caro amigo Luiz Clédio.
      É sempre uma alegria imensa ler as tuas excelentes mensagens, refletir, e colocar em prática os santos ensinamentos cristãos. Em virtude de ainda estar recuperando de cirurgia na vista, não posso ficar mais tempo do que gostaria na frente da telinha, mas logo estarei com a vista novinha em folha para poder visitar amiúde os amigos.
      Alegremo-nos no Senhor que nos libertou dos grilhões da morte e nos oferece a oportunidade de vida eterna, oferecendo-se em holocausto por todos nós.
      Receba o meu sempre cordial abraço.

      ResponderExcluir
    2. Prfº Benito.
      Estava com saudade dos seus comentários. Imaginava ter acontecido algo. Mas graças que foi para o bem maior; o de ver longe e perfeitamente - como v., já via pelo o espírito.
      Mais uma vez obrigado pela participação nos comentário e alem de que a sua foto é por de mais parecido com a do meu pai [quando tinha sua idade].
      E quanto à natureza. A prova de que ela é sábia é que ela nem sabia que iríamos usar óculos e notem como colocou nossas orelhas.
      [Jô Soares]

      ResponderExcluir

    Não use o silêncio como a melhor forma de dizer Aleluia!
    Deixe seu comentário.
    Ele é muito importante.
    Obrigado