Breaking News

ads header
  • Breaking News

    terça-feira, 7 de outubro de 2008

    Condição Estranha

    Vigiai. Havendo distração há imprecação!

    Quem está de acordo com o plano de Deus, não precisa temer maldições. E é pouco provável que alguém mesmo estando longe do plano de Deus em sua vida, mas crendo que Ele é o seu Senhor venha receber alguma maldição. Porque é a fé que nos sustenta enquanto Deus trabalha as mudanças (Hb. 11:1). Entretanto a maldição deve ser um grande problema para quem acha que a recebeu. Todo pessoa nessa condição deve possuir algum malefício com o qual se preocupa e assim se sente em maldição. Visão de fé não significa ignorar as circunstâncias, mas sim vencê-las (Rm. 4: 19-21).

    O que é maldição – maldição (fora de moda atalmente, mas usado em meios espíritas) é a ação efetiva de um poder sobrenatural, caracterizada pela adversidade que traz, sendo geralmente usada para expressar o azar ou algo ruim na vida de uma pessoa. “Antigamente era algo semelhante a um “Feitiço” ou encantamento”, mas que só causa o mal à pessoa (Wikipedia). O sintoma da maldição varia muito de efeito, portanto é raro encontrar pessoas com problemas iguais. Embora possam estar ligadas ao um mesmo trauma original, mas é a essência espiritual de cada um, que fornece uma carga dramática extra ao sofrimento ou estado eufórico, fazendo com que o sintoma seja característica própria dela.
    Exemplos de Condição Estranha:

    Pacto com as Trevas: a pessoa obteve favores no passado através do Pacto Satânico... Donde sua Alma foi marcada como pagamento. Toda vez que a pessoa sofre algum perigo de morte ou enfermidade, por mais explicativo quer seja, ela sofre do temor de está sendo conduzida para o Inferno; ela se sente confrontada por demônio aleatório. Se perder o controle o íntimo do sofrimento fará opressão na sua mente. Dependente desta dúvida maligna é constantemente ameaçado e as “trevas do medo” não perdem uma oportunidade de lembrar-lhe que seu tempo está se esgotando.
    Não devemos nos conformar com as mazelas, mas transformar nossas mentes para experimentarmos a paz de Cristo em nossa vida (Rm 12:2).

    Pesadelos: Alguma coisa toma conta da mente da pessoa quando ela dorme. Podem ser sons de gritos, visões de incontáveis mortes, de caricaturas horríveis; queda brusca em poço sem fim, escuridão ambiental.... Por fim a regra dessa maldição é que se a pessoa dormir o pesadelo virá, fazendo com que não haja recuperação da fadiga normal podendo levá-la a loucura. Alguns inconscientemente passam noites afinco vagando nos cemitérios procurando na vida real algo pior que o seu pesadelo e assim puder suportá-lo e conseguir dormir.
    A fadiga é uma das maiores barreiras para oração e crescimento espiritual. Ela só pode ser recuperada dormindo. Dormir bem, é um presente de Deus (Sl. 3:5).

    Dupla personalidade: A pessoa tem um duplo-ego maligno que deseja tomar o seu lugar na vida. É um inimigo da sua alma com idêntico dados da sua personalidade agindo de forma danosa e tem a tendência de aparecer nas piores horas. Não é uma possessão mais uma perda do senso crítico que conduz a pessoa ao descrédito. Mentiroso.
    Mesmo sendo treinado incorretamente pelo mundo, devemos reconquistar nossa confiança no Senhor que é a realidade da nossa vida (Ef. 4:17).

    Possessão: Forças Ocultas tomam conta do corpo da pessoa com freqüência e sua personalidade é anulada. Durante este período, a pessoa se transfigura e comete várias atrocidades.
    Se não soubermos que Deus nos ama, fica difícil acreditamos que Ele deseja nos abençoar (Sl. 84:11).

    Escravidão: a pessoa torna-se serviçal de alguém que exerce poderes sobre ela. Dominada cumpri todas as suas ordens. Sem esse domínio a pessoa sente-se perdida e desequilibrada.
    Confiar em outro homem aparta o seu coração do Senhor. E faz da carne a morte (Jr. 17:5).

    Transtorno bipolar: a vida é uma montanha-russa de emoções. Hora a pessoa está pra baixo, deprimida, numa dor, numa angústia muito grande. É uma dor invisível. Hora está pra cima, com atitudes bem eufóricas, alegria acima do comum. A pessoa oscila de forma brutal e ela chega ao extremo da depressão profunda à euforia descontrolada. Maníaco-Depressivo.
    Não permita que a pressão de circunstâncias alheias os desvie da busca da verdade de Deus (Pv. 11:14).

    Vínculo de Sangue: a pessoa não pode entrar em luta, ou ação, ou peleja sem sofrimento. Uma vez que ele faça, fica estabelecido um vínculo. Posteriormetade todo sofrimento infligido (mesmo não havendo sua participação) ao seu oponente ele sofrerá a metade.
    Ressentimento “justificável” e relembrado que espera arrependimento do oponente para perdoar é a causa desta maldição e leva a uma vida farisaica e rápida em achar falha. Conceder e pedir perdão gratuito cancela o vínculo (Mt. 6: 14-15).

    Lógica própria: Por transitarem basicamente entre dois planos de existência, o Físico e o celestial, poderes inéditos habitam numa única pessoa, dotando-a de capacidades jamais vistas. Situações inusitadas brotam destes desvios. As “vantagens” adquiridas são: Senso de Direção; Noção Exata do Tempo; Ambidestria; Empatia com Animais; Carisma; Reflexos em Combate; Bom Senso; Noção do Perigo; Ultra-Flexibilidade das Juntas; Memória Eidética; Imunidade; Facilidade p/Línguas; Poderes Legais; Cálculos Instantâneos; Sorte; Aptidão Mágica; Talento p/ Matemática; Talento Musical; Visão Noturna; Voz Melodiosa; Ouvido Aguçado / Olfato-Paladar Apurado / Visão Aguçada; Prontidão. O perigo deste “poder” está em ser deus para outros, em desobediência a Cristo levando a pessoa ao orgulho mortal.
    De Deus não se zomba (Gl. 6: 7-9)

    Deformação: O corpo físico da pessoa é mal-formado levando a falha ou aberrações variáveis. Isto pode ser a maldição da desvantagem que atinge áreas espirituais. Sintomas: Primitivismo; Estigma Social; Albinismo; Disopia; Cegueira; Daltonismo; Surdez; Nanismo; Epilepsia; Obesidade; Duro de Ouvido; Hemofilia; Mudez; Disosmia/Ageusia; Maneta (Braço ou Mão); Zarolho; Excesso de Peso; Distração; Vício; Alcoolismo; Código de Honra; Paralisia Frente; Combate; Compulsão; Mentir Compulsivamente; Covardia; Fanatismo; Gula; Cobiça; Intolerância; Inveja; Cleptomania; Preguiça; Megalomania; Avareza; Excesso de Confiança; Pacifismo; Paranóia; Piromania; Sadismo; Timidez; Teimosia; Veracidade; Azar; Voto; Gigantismo; Magreza sem atributo; Gagueira; Vontade fraca; Impulsividade; Flashbacks.
    Entretanto a visão de Deus pode ainda estar para cumprir-se no tempo determinado, assim sendo se se tratar disto espere-a, não falhará (Hc. 2: 2-3).

    Assexuado: Transtorno do Desejo Sexual Hipoativa, que são fantasias e desejo de atividade sexual recorrente deficiente ou ausência de desejo; e Transtorno de Aversão Sexual, que é a aversão extrema e evitação do contato sexual genital com um parceiro sexual. A origem ou etiologia destas duas síndromes é, na grande maioria, de origem espiritual. A ansiedade sempre acompanha esse comportamento sexual neurótico. A origem vem da aversão à homossexualidade na família. O cenário abrange também:
    · Andrógino: Não é necessariamente lascivo, mas sua condição física o (a) torna suscetível ao Sex-Appeal e à Perícia Sedução de ambos os sexos.
    · Bissexualidade: É um caso especial de androginia. A pessoa é igualmente suscetível a ambos os sexos, mas ainda pode tentar atrair pelo menos o sexo oposto.
    · Homossexualismo: Tem dificuldades em praticar a Sedução (precisa encontrar outros como ele), mas o sexo oposto invariavelmente fracassa em seduzir o homossexual.
    A união sexual da forma com Deus a criou não é egocêntrica, nem busca satisfazer-se a si mesmo (Rm 1: 24-27).

    Aparência Física Grotesca: A pessoa é claramente não-humana e provoca verificação de sanidade. Modifica o sentimento das pessoas causando reação negativa. É também dessa categoria: Aterrador - Que apresenta algo mais do que aparência negativa. Assustador por razões múltiplas. Exótico - Seu padrão estético diferenciado provoca reações diversas nas pessoas. Ex. O corcunda, elefantismo, e outros.
    Vazio, todo homem é apenas aparência. (Sl. 39:6b)

    Perícia Mental: A pessoa se apega a um mundo “ausente” muito similar ao mundo normal que conhecemos. Pela introspecção adquire sentidos inéditos. Segue abaixo uma pequena lista:
    · Poesia: Pré-definida como Conhecimento de Esfera (Beleza).
    · Vôo: Pré-definida como Acrobacia. Alguns podem voar inatamente como Vampiros ou Homens-Águia ou através de Magia. Entretanto, a capacidade de voar não implica em voar com habilidade, realizar manobras ousadas ou similares.
    · Línguas complexas (ou esquecidas): Assim como a Língua Inglesa é considerada a língua "oficial" do nosso mundo, o Élfico é a língua considerada oficial do Plano Etéreo, falada por humanos, elfos, anões e outros povos civilizados. Algumas raças têm suas próprias línguas. Faérico (a língua da qual o Élfico descende), Sânscrito, Aramaico, Reptante ou de determinadas criaturas de Outros Planos. Cada uma destas linguagens é uma perícia mental.
    · Percepção do Corpo: Pré-definida como direcionamento de projétil. Arremesso. Outros são: Jato Mágico; Sopro Mágico.
    · Simbolismo: Interpretação de sinais arcanos e fórmulas mágicas contidas em profecias, hieróglifos, pergaminhos antigos e selos encantados. Pode significar a diferença entre identificar um sinal de perigo extremo; criatura aprisionada e outro de templo das dádivas...
    · Medicina Primitiva: Pré-definida como Medicina adaptada ao baixo nível tecnológico.
    · Mercado Branco: Conhecimento do mercado do ocultismo do Mundo Ausente: onde adquire itens encantados, pergaminhos, drogas exóticos, armas abençoadas, poções alquímicas etc.
    · Trato Social: Elegância adaptada a qualquer situação. Com a diversidade de raças e culturas que dividem o mundo, torna muito difícil para quem freqüenta os círculos sociais acompanhar todas as normas de etiqueta.
    · Venefício: definida como Alquimia. Esta técnica, muito comum em nosso mundo durante a Idade Média, ainda é praticada.
    O maior benefício é ver a vontade de Deus sendo realizada aqui na terra (Mt. 18:19).

    Perícia de Domínio: São técnicas para prejudicar o poder do adversário, maximizar o dano infligido etc. Nenhuma destas perícias tem nível exato. São enganosas. Mesmo assim surtem efeito, se a pessoa acreditar. Do contrario pode se defender através da Concentração na qual a pessoa se interioriza purificando sua mente contra o Blefe e a Sedução.
    · Blefe: Utilizado para abalar a confiança do adversário e reduzir o poder de seu ataque.
    · Sedução: Utilizado para desviar a atenção do adversário e reduzir o poder de seu ataque. Pode ser utilizada para se obter dependência.
    · Ritual de Mesa: Conhecimento dos procedimentos protocolares para se desenvolver contato entre mundos diferentes. Regra de comportamento diante do oponente, orações etc.
    · Tática: Técnicas e estratégias a serem utilizadas continuamente para obter vantagem frente ao inimigo.
    · Conhecimento de Esfera: Requer especialização. Utilizada para identificar os Planos Astrais: Tempo, Morte, Natureza, Selvagem, Fogo, Água, Ar, Terra, Beleza, Inferno.
    Se alguém quiser prevalecer conta um, os dois resistirão (Ec. 4:12).

    Afinidade com Máquinas (Hack): A pessoa tem uma inteligência técnica e prefere a companhia de máquinas às dos homens. Ele recebe instruções em forma de testes que envolvem perícias com equipamentos mecânicos ou eletroeletrônicos, incluindo computadores. No entanto, nunca poderá destruir uma máquina ou programa mesmo que haja uma razão muito boa, e deverá tentar evitar que outros o façam. São levados a roubar bancos via sistema eletrônico.
    Jesus sempre semeia vida. Ele é vida (jo. 14:6).

    Busca da Adrenalina: Quando o nível da pessoa cai abaixo de zero, o medo e a raiva dão um jorro de adrenalina no seu sistema e sua força aumenta. Sentem uma espécie de gozo e tornam-se aventureiros do perigo.
    O céu e a terra são testemunhas contra ti. Neles tens a vida e a morte. Escolha, pois a vida para que vivas tu e a tua descendência (Dt. 30:19-20).

    Fonte da Juventude: Desejo de ser um deus – ser eterno. A pessoa possui desejo maníaco de permanecer jovem. Criados por pensamentos negativos, pelas emoções instáveis e conflitantes, pelos sentimentos de culpa, dúvidas, ansiedade e apegos às coisas do mundo. Submete-se a todo tipo de cirurgia. O risco é incalculável.
    Uma vez que o homem tenha endurecido o seu coração pelo pecado, somente Deus pode torná-lo sensível novamente (Ez. 36:26).

    Insanidade - Desequilíbrio Mental (demência), o alinhamento do corpo da pessoa com a sua alma estão totalmente caóticos, perda da saúde integral, traduzida em equilíbrio físico, mental, emocional e ambiental. A loucura propriamente dita - o mais alto grau da maldição. É a execração da maldição, a morte em vida. E quem a tem morrerá três vezes. Na mente, no corpo e na alma. Sendo que a ultima e uma morte que não para de morrer? Não mata, embora esteja morrendo, não para de fazer sofrer à dor da morte.
    A pessoa certamente não conseguiu deter as maldições anteriores e afunilou a esse nível. Onde a situação permanecerá independente da sua vontade, ele entra em um estado alterado da mente que o incapacita a continuar interagindo na trama; não pode curar-se a se mesmo. Será necessário o exorcismo para desmascarar os demônios que se dará gratuitamente por compaixão de um cristão em plena fé a confiança da salvação, que ordenará em nome do Senhor Jesus Cristo a sua expulsão. A comprovação desta autoridade cristã será a cura do endemoninhado imediatamente (Mt. 10:8). Na falta deste, o processo de recuperação irá depender de Psicoterapia e medicação adequada. Após tratamento intensivo, com um bom terapeuta e medicação, a Sanidade poderá ganhar recuperação e o paciente pode está pronto para ir para casa, muito fragilizado, mas às vezes em plena posse de suas faculdades mentais.
    Categorias de insanidade, que praticamente determinam em qual estado de confusão mental irão mergulhar se acometidos pela loucura:
    · Loop: A mente da vítima vivencia ininterruptamente determinada situação, alienando-se por completo do mundo ao seu redor. Muitas vezes, a vítima interage com sua alucinação, incapaz de discernir que são lembranças distorcidas se repetindo como um disco arranhado.
    · Estado Fóbico: A vítima perde toda a sua coragem e fica terrivelmente amedrontado e indefeso diante de qualquer pessoa ou situação estranha. Tende a ter alucinações e visualizar o motivo de sua fobia onde não existe. Chora muito e tem pesadelos constantes. O stress lhe provoca a loucura.
    · Estado Catatônico: A vítima perde toda a resposta sensorial e torna-se um vegetal. Não recebe nenhum estímulo do meio e não reage a absolutamente nada. Precisa de cuidados para se alimentar, se vestir etc.
    · Estado Hebefrênico: O afetado tem sua personalidade definitivamente fragmentada e seu comportamento torna-se aleatório. Alterna momentos de alegria incompreensível, com instantes de profunda depressão para logo em seguida se debater ou ficar paranóico e agressivo.
    · Estado Depressivo: A vítima mergulha em um torpor depressivo incurável. Ainda é capaz de manter um diálogo e consegue compreender o meio. Mas tudo que deseja é ser deixada em paz. Dorme muito e recusa qualquer oportunidade de ação. Não sente mais prazer em nada. Diariamente sente impulsos suicidas, o afetado tentará se matar.
    Entropia: É uma força que às vezes tem inteligência própria e o preço de se realizar encantos com tal fonte é geralmente alto. As magias envolvidas na criação de tais seres incorrem em Choque de Retorno em qualquer caso de falha. Não há Benção Arcana para estes feitiços. Suscita criaturas mágicas desprovidas de alma, geradas a partir de seres que já foram vivos. O que anima seus corpos mortos é alguma força desconhecida, denominada pelos magos de ENTROPIA, que não tolera a existência da Vida verdadeira embora simule suas características. A ENTROPIA é temida até mesmo pelos Demônios e os Necrólogos, aqueles entre suas fileiras que ousam lidar com tal poder, são considerados como os arquiduques do Mal.
    Todo morto-vivo odeia aqueles que vivem. Tal Ódio não pode ser mensurado em termos racionais, extrapola qualquer parâmetro e só será saciado quando toda a Vida for extinta. Este é o único pensamento de um morto-vivo. Estão consequentemente, imunes à qualquer forma de manipulação mental (Lábia, Diplomacia, Blefe, Sex-Appeal etc.), incluindo Magias do gênero e Poderes Psi. A criatura é instintivamente capaz de detectar seres vivos, mesmo escondidos, invisíveis ou camuflados. Eles obedecem tão somente ao seu criador. Mas, a cada dia, o feiticeiro deve realizar um Duelo de Vontades com suas criaturas. Se perder o controle, será imediatamente atacado...
    Morto-Vivos: Zumbis; Esqueletos; Desmortos; Ghouls; Espectros Entrópicos.
    Muitas vezes, quando estamos lutando contra o inimigo, nós atiramos a esmo em nossas orações quando deveríamos ter alvo identificado (Ef. 6:12).

    O Mundo é povoado por uma miríade de raças estranhas, criaturas sobrenaturais e humanos abençoados ou amaldiçoados com as mais bizarras capacidades. Desta
    Fantasmas: Eles estão mortos, mas por algum motivo não obtiveram o descanso eterno... Eles erram pelo Mundo dos Vivos, incapazes de romper com laços antigos.
    Pouco ou nada se sabe sobre o que existe Além das Esferas, os Planos Sem Luz para onde os mortos se encaminham. Os próprios Fantasmas divergem a este respeito e se confundem com estranhas impressões momentâneas de sua passagem. Mas é certo que existe um Ponto Cego, entre o Aqui e o Além, onde as forças da Vida e da Morte se equivalem. Deste lugar vêm os Fantasmas. Sua variedade é surpreendente: Poltergeists: Fantasmas; Espectros; Sombras; Athropos; Lugares Ruins.

    O Mundo é povoado por uma miríade de raças estranhas, criaturas sobrenaturais e humanos abençoados (ou amaldiçoados) com as mais bizarras capacidades. Desta diversidade de culturas e poderes brotam conflitos, alianças e, na maioria dos casos, uma convivência tensa, ainda que pacífica.
    Somente a comunhão intima com Deus através da prática da leitura bíblica, oração, relacionamento com os irmãos em Cristo, pode ser importante no processo da batalha espiritual que anula o possível efeito de uma possível maldição (Ef. 6:12).


    Luiz Clédio
    São Luis _MA.
    11 fev. 07

    Fonte:
    Pesquisado, compilado e adaptado de um projeto de RPG/1995, Naipes Estranhos de autoria de:
    Carlos Aquino, Marcos Vidal, Marcio Reis, André Luis Pinto.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Não use o silêncio como a melhor forma de dizer Aleluia!
    Deixe seu comentário.
    Ele é muito importante.
    Obrigado