Header Ads

ONDE ESTÁ O JUSTO?


ONDE ESTÁ O JUSTO?

Primeiramente o que é ser justo, visto que todos somos pecadores e segundo as Escrituras Sagradas, nada desponta de bom do coração do homem? [Mc. 7: 21] Pois é de dentro do coração dos homens que procedem aos maus pensamentos, as imoralidades sexuais, os furtos, os homicídios, os adultérios... 

Chegamos a ouvir dos eruditos: É isso que você quer pra você, tornar-se uma pessoa tão diferente de Jesus? Às vezes, caímos na real, e meditamos – Mas o que eu estou fazendo, afastando-me da semelhança de Cristo; e, dando confiança aos meus pensamentos? Deveria está dizendo: [Rm. 1: 16-17] Não me envergonho do Evangelho, pois ele é força de Deus para a salvação de todo aquele que acredita... De fato, no Evangelho a justiça se revela única e exclusivamente através da fé, conforme diz a Escritura: “O justo vive pela fé.”

Onde encontrar um justo? Buscando, encontramos o oposto dele, a saber, os que dão as caras com força moral para julgar os outros sem, contudo, se importarem [por ignorância?] com o fato de que, os que julgam, terão um julgamento ainda mais rigoroso. [Rm. 2: 1] Homem, você julga os outros? Seja quem for, você não tem desculpa. Pois, se julga os outros e faz o mesmo que eles fazem, você está condenando a si próprio.

Só a graça de Deus pode fazer do homem pecador, um homem justo. Quando Paulo [que era injusto por convicção] se encontrou com o Senhor Jesus Cristo, ele tinha a única reação apropriada à divina soberania desse glorioso Rei. Ele disse: "Senhor, que queres que faça?" [At 9:6]. Amém. É assim que se declara um homem justo. [Rm 1: 1] Paulo, servo de Jesus Cristo, chamado para apóstolo, separado para o evangelho de Deus.

O justo é o que vive pela fé. A fé de que a graça de Deus pode justificar suas injustiças pelo arrependimento, crendo que Jesus é o Filho de Deus. Darby escreveu que “a fé tem um duplo caráter — a energia que vence e a paciência que espera em Deus e confia Nele”. Para andar no caminho de um justo, precisamos destas duas vertentes: energia e paciência.

Como você se classifica? Não pense que por você ser um injusto pecador, ou ate o pior dos homens, Deus irá fazer cair uma raio na sua cabeça, ou matar você afogado; ou mesmo fazê-lo infeliz perdendo a família, o emprego; fazer-lhe canceroso, ou coisa assim. Não. Embora o julgamento seja um assunto exclusivamente de Deus. Assim como, a obediência a Deus, seja um assunto tão-somente nosso; ainda não chegou a hora de Deus julgar mortalmente os culpados. [Gn 4: 7] Se bem fizeres, não é certo que serás aceito? Deus prefere esperar o nosso arrependimento, enquanto protege os justos do mal que os injustos possam causar. 

O porquê de Deus não julgar nestes dias é que a “Ordem Celestial” está totalmente direcionada aos homens de boa vontade, ou melhor, aos que almejam ser justos, aos mais inteirados dos homens em ser pobre de espírito – os que aceitaram Jesus como o seu único e suficiente salvador; e, abandonaram a idolatria. Pedro escreveu o seguinte a respeito deste especial cuidado do Senhor: Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós. [IPe 5:7]. E Davi, que se defrontou com muitas e severas dificuldades; escrevera com confiança e experiência, o seguinte: "Lança o teu cuidado sobre o Senhor, e ele te susterá; nunca permitirá que o justo seja abalado." [Sl 55: 22] Estas e outras, são as promessas destinadas aos justos!


[Por: Luiz Clédio Monteiro – set/2016]
Tecnologia do Blogger.