Breaking News

ads header
  • Breaking News

    domingo, 4 de novembro de 2012

    Cristo, o incomparável.


    Cristo, o incomparável.
     
    [Ap. 1: 17] Quando o vi, caí aos seus pés, como morto. Então ele colocou sua mão direita sobre mim e disse: “Não tenha medo. Eu sou o primeiro e o último”
     

    Em discernimento espiritual do que ouvimos da Palavra e aprendemos da Bíblia, testemunhamos que Cristo é o Senhor, e se apresentou majestoso a João em um lugar afável cheio de candelabros, vestindo uma fina vestimenta comprida ate os pés e um cinturão de ouro ao redor do peito [v. 13-20]. Muito diferente, portanto daquele desprovido homem de Nazaré que andou pela região de Israel, numa túnica surrada, calçando sandálias, dormindo ao relento... Identificado com os homens e mulheres pecadores, apesar disso foi batizado e ungido publicamente pelo Espírito Santo.
     

    Sua cabeça e seus cabelos eram brancos como a lã e a neve; seus olhos eram como chama de fogo. Seus pés eram como bronze numa fornalha ardente e sua voz como o som de muitas águas [v. 13-20]. Vejam quanta majestade e esplendor. Certamente que dessa forma Judas nem precisaria beijá-lo para que fosse identificado para sofrer e morrer [Mc 8: 31], por ter se comprometido numa aliança de fidelidade e obediência ao Pai tornando-se verdadeiramente o Salvador do mundo [Jo. 4: 42].
     

     A magnificência não para por aqui. Ele tinha em sua mão direita sete estrelas, e de sua boca saia uma espada afiada de dois gumes. Sua face era como o sol quando brilha em todo seu fulgor [Ap. 1: 13-20]. Digam-me com franqueza, alguém já viu algo semelhante em terrível grandeza formidável? Este é o Cristo Jesus, o único que pode ser comparado a Deus; e, que o mundo rejeitou [Jo. 10: 30]. Deus colocou todas as coisas debaixo dos seus pés e o designou cabeça de todas as coisas para a igreja [Ef. 1: 22]. Quanto mais examinamos os ensinos de Jesus, mais inevitavelmente concluímos que se tratava de um homem perfeito que também era Deus.
     

    Assim Ele virá com as nuvens e, toda língua confessará que Jesus Cristo é o Senhor, para a gloria de Deus Pai [Fp. 2: 11]. Pois é necessário que ele reine ate que todos os seus inimigos sejam postos debaixo dos seus pés [I Co. 15: 25]. Jesus o Rei esteve presente entre os judeus e gentios ensinando que tinha toda autoridade e poder ate mesmo sobre os demônios.  
     

    Como escapar se negligenciar tão grande salvação, anunciada desde há muito pelas igrejas cristãs e primeiramente pelo próprio Senhor? [Hb. 2: 3,8]. Guarde este mandamento imaculado e irrepreensível ate a manifestação de nosso Senhor Jesus Cristo [I Tm. 6: 14]. A entrada e a possessão do reino, entretanto e o direito a todas as suas bênçãos são limitadas aos que reconhecem, Jesus como Senhor, pede perdão a Deus e se compromete a servi-lo de todo coração.    
     

    A graça, a misericórdia e a paz da parte de Deus Pai e de Jesus Cristo, seu Filho, estarão conosco em verdade e em amor [2 Jo. 3].    
     

    Luiz Clédio Monteiro Filho
    Fundador da Rede Social Cristã   
    Site: http://doutrinacrista.ning.com/
    Web: http://doutrinacrista.ning.com/profile/luizclediomonteirofilho
    Blog [Doutrina Cristã]: www.cledio.blogspot.com
    E-mail: Lcmf56@hotmail.com

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Não use o silêncio como a melhor forma de dizer Aleluia!
    Deixe seu comentário.
    Ele é muito importante.
    Obrigado