Header Ads

A espada.

 

A espada.

[Mt. 10: 34] “Não pensem que eu vim trazer paz à terra; eu não vim trazer a paz, e sim a espada”.
É difícil de acreditar que Jesus disse isto. Logo Ele o príncipe da paz. Mas não ficou só nisso, não. Veja o que Ele disse logo depois: “De fato, eu vim separar o filho de seu pai, a filha de sua mãe, a nora de sua sogra” [v.35].

A dura preleção se completa com Jesus dizendo que, os nossos inimigos serão os da nossa própria família. E, que não devemos amar nosso pai ou mãe; e, nem filho ou filha mais do que a Ele, pois do contrário não seremos digno Dele. Portanto se quisermos segui-lo devemos tomar está cruz, que ele acabou de mencionar.Pois a vida não consiste em amar nossa família mais que a Deus; por mais piedoso que sejamos para com ela. Devemos se possível perdê-la por causa do nome de Cristo. De fato é uma espada de morte para muitos.

Dura como uma espada são estas palavras. Quem tem fé para obedecê-la? Aceitar esta verdade que provoca divisão e exige tomada de posição é de fato nega a si mesmo e carregar a cruz.

Uns aceitam outros rejeitam. O que aceitar perder os laços familiares ganhara o amor que perdeu. O que rejeitar testar essa justiça perderá a vida que acolheu. É ficar no compromisso com Jesus seguindo-o ate o fim ou debandar para sempre [v.36-39].

Essa espada não é uma nova lei, nem uma nova religião, nem uma força, mas uma ordem prioritária enviada por Deus a nos dar uma nova vida derramada em verdade, e vertente em justiça; onde Cristo é o motivo, o poder, o alvo; espelhado devendo ser amado acima de todas as coisas. O próprio Senhor é o Espírito, que continuou a fazer e a ensinar. Sem essa obediência, o relacionamento com o Pai e o Senhor Jesus é impossível. Ele instrui os cristãos sobre a obra, os dons, o poder e a esperança da ressurreição através da atração desta espada que nos fará perseverar em meio ao conflito.

Luiz Clédio Monteiro
Fundador da Rede Social Cristã
Blog [Doutrina Cristã]: www.cledio.blogspot.com

Tecnologia do Blogger.