Header Ads

O fim ainda não chegou.




O fim ainda não chegou.

[Mc. 13: 1-2] Quando Jesus saiu do Templo, um discípulo comentou: Mestre olha que pedras e que construções! Jesus respondeu: Você está vendo essas grandes construções? Não ficará 
pedra sobre pedra; tudo será destruído.

Jesus anuncia a destruição do Templo de Jerusalém, acontecida no ano 70. O Templo era o símbolo da relação de Deus com o povo escolhido. Jesus salienta que o fim de uma instituição não significa o fim do mundo e nem o fim da relação entre Deus e os homens.
Jesus previne os discípulos:

Cuidado para que ninguém engane vocês. Muitos virão em meu nome, dizendo: ‘Sou eu’. E enganarão muita gente [v.5-6].

Quando vocês ouvirem falar de guerras e de rumores de guerra, não fiquem assustados. Essas coisas devem acontecer, mas ainda não é o fim [v.7].

Com efeito, uma nação lutará contra outra, e um reino contra outro reino. Haverá terremotos em vários lugares, e também haverá fome. Isso será o começo das dores [v8].

A relação entre Deus e os homens continua através dos discípulos, que deverão prosseguir a missão de Jesus pelo testemunho, anunciando a Boa Notícia a todas as nações. Contudo, assim como Jesus encontrou resistência, também os discípulos a encontrarão: serão perseguidos, presos, torturados, julgados e até mesmo mortos por continuarem a ação de Jesus. Mas os discípulos não devem ficar preocupados com a própria defesa. O importante é a coragem de permanecer firmes até o fim [v.913].

Luiz Clédio Monteiro
Fundador da Rede Social Cristã
Blog [Doutrina Cristã]: www.cledio.blogspot.com
Tecnologia do Blogger.