Breaking News

ads header
  • Breaking News

    quinta-feira, 20 de outubro de 2011

    Comportamento criativo.



    Comportamento criativo.

    [Tg. 1: 22] “Sejam praticantes da Palavra, e não apenas ouvintes, iludindo a si mesmos”.

    Tudo que leva ao bem da vida, vem de Deus e, Jamais conduzirá alguém à morte, pois Deus é vida, e, vida nova em plenitude criativa. Jesus fez tudo novo. Tudo que ele realizou foi inédito. Se para atravessar um rio ou um mar ter-se-ia que abri-lo ao meio, com Jesus foi diferente: Ele simplesmente andou sobre as águas. Jesus foi puramente original.        

    Deus não almeja exaltação. Jesus não aspira bajulação. Essas coisas não produzem a justiça que Deus quer. Ambos desejam de todo coração que sejamos praticantes da Palavra comportando-nos com criatividade. Criatividade da fé, que encontra a felicidade no que faz.

    Tal criatividade implica em não decorarmos a vida dos outros, suas afirmações e formas de comportamento malicioso. Somos os primeiros dentre as suas criaturas. Deus nos capacita a criar atitudes dóceis cheias de implicações concretas, centralizada no amor; como uma lei que liberta das obrigações listadas em ritos, e, chama à obediência criativa que em toda ocasião traz solução libertadora.

    É através do comportamento criativo em fazer justiça na prática, que a história do povo de Deus continua. E, não, em atos gerados pela auto-suficiência, que levam a situações extremadas. O cristão fecundo não se encerra em cerimônias formais, mas na entrega de si mesmo a Deus ao defender os pobres enquanto se descompromete com a injustiça social. Dessa forma Deus continua a providenciar a realização da sua promessa, da qual nascerá os futuros convertidos.

    O comportamento criativo é um instrumento escolhido por Deus para libertar o crente ameaçado pelos contemplativos. O cristão é livre para escolher suas atitudes e, não se deixar restringir às lembranças mesmo que aparentemente perfeitas. Sansão em seu ato heróico foi um exemplo de comportamento criativo: ao mesmo tempo em que morre, ele tira a vida dos chefes filisteus libertando assim o seu povo [Jz. 13: 16-30]. Davi também foi original em sua criatividade quando se alistou no exercito dos filisteus. Sua atitude consistia em abalar o sistema inimigo, agindo por dentro dele [1 Sm. 29: 1-11].

    Cuidado entretanto em serem criativos para que não venham a confundir com “inventivo”; e, assim, agirem em seus próprios interesses e não em defesa e o bem do povo de Deus [Ez. 13: 1-16].
    Luiz Clédio Monteiro 
    Fundador da Rede Social Cristã
    Site: http://doutrinacrista.ning.com/
    Web: http://doutrinacrista.ning.com/profile/luizclediomonteirofilho
    Blog [Doutrina Cristã]: www.cledio.blogspot.com
    E-mail: Lcmf56@hotmail.com  

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Não use o silêncio como a melhor forma de dizer Aleluia!
    Deixe seu comentário.
    Ele é muito importante.
    Obrigado