A Escritura é o alimento da fé.



A Escritura é o alimento da fé.

[II Tm 3: 1] “Saiba, porém, que nos últimos dias haverá momentos difíceis”

Os homens serão egoístas, gananciosos, soberbos, blasfemos, rebeldes com os pais, ingratos, iníquos, sem afeto, implacáveis, mentirosos, incontinentes, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, enfatuados, mais amigos dos prazeres do que de Deus; manterão aparências de piedade, mas negarão a sua força interior. Evite essas pessoas! [Vs. 2-5].

Essas coisas abalam a coragem de qualquer um. Mas a Escritura Sagrada é o alimento que a fé precisa para se restaurar. Nela encontramos força pelo testemunho; portanto devemos permanecer fiel à Palavra de Deus.

Quando nos convertemos e nisso anunciamos o Evangelho, começa uma nova etapa em nossa vida. Se por um lado somos salvos e vivemos em alegria comunitária com o povo de Deus, por outro lado sofremos ataques do inimigo. São perspectivas sombrias vindas de todo lado como se o mundo estivesse cheio de falsos messias. O cenário é mais ou menos como o de Moisés na presença do Faraó sofrendo a oposição dos magos Janes e jambres [Ex 7,8].

Mas em clima de oração e discernimento referendado pelo Espírito Santo, fortalece a missão que não nasce por iniciativa de indivíduos, mas a partir de uma fé cheia de vida, que designa o crente para a evangelização.

Devemos evitar certos tipos de homens que aparentam piedade artificial para manipular espiritualmente a realidade. Mas a força do Evangelho é a força de Deus, derruba os obstáculos, vence a magia alienadora e liberta os homens, para viverem no caminho de Jesus Cristo.

Vamos nos fortalecer na Palavra pois ela antecipou o futuro libertador, quando nos alimenta com a narrativa da ressurreição de Cristo conduzida por Deus para concluir uma história cheia de promessas que em Jesus ressuscitado, Deus as cumpre.

Aqueles que abandonaram a Escritura Sagrada conhecendo as promessas nela contida, rejeitaram Jesus o salvador de todos os homens. E, vivem enciumados reagindo com violência. Enquanto os cristãos andam no meio dos pagãos que os recebe com alegria para ouvir a Palavra transformadora. 

Essa é a finalidade do cristianismo: construir uma passagem em que o mundo pagão possa adentrar no mundo inaugurado por Jesus ressuscitado.

Luiz Clédio Monteiro 
Fundador da Rede Social Cristã
Site: http://doutrinacrista.ning.com/
Web: http://doutrinacrista.ning.com/profile/luizclediomonteirofilho
Blog [Doutrina Cristã]: www.cledio.blogspot.com
Share on Google Plus

About Doutrina Cristã

0 comentários:

Postar um comentário

Não use o silêncio como a melhor forma de dizer Aleluia!
Deixe seu comentário.
Ele é muito importante.
Obrigado