O sentido da liberdade.


O sentido da liberdade.

[Cl. 2: 18a] “Que ninguém, com humildade afetada ou culto aos anjos impeça vocês de conseguir a vitória”

O que é ser livre? Onde e em que conceito de fato está revelado à liberdade?
Para Luis Fernando Veríssimo, a liberdade está no fato de não ter medo do ridículo; para Che Guevara, lutar é ser livre; já Freud diz que a liberdade está em viver uma vida mais normal e completa livre de ser religioso. Ser-se livre Para Jean-Paul Sartre não é fazermos aquilo que queremos, mas querer-se aquilo que se pode. Johann Goethe, afirma que é a dependência livre e voluntária do amor; o que Bob Marley concorda, ao ponto de poder ficar com as mãos suando.

Ser livre para Augusto Cury é não ser escravo das culpas do passado nem das preocupações do amanhã. Ser livre é ter tempo para as coisas que se ama. É abraçar, se entregar, sonhar, recomeçar tudo de novo. É desenvolver a arte de pensar e proteger a emoção. Mas, acima de tudo, ser livre é ter um caso de amor com a própria existência e desvendar seus mistérios.
Drumonnd, no entanto acha que uma boa dependência nos faz livre, da mesma forma que, o pássaro para com o ar; o espírito para com o corpo. Manoel de Barros parece aderir à idéia quando se diz livre para o silêncio das formas e das cores. Seguido do raciocínio de Clarice Lispector, ao se referir à Brasília como uma prisão ao ar livre.

No conceito de John Lennon, a liberdade não é para todo mundo. A mulher, por exemplo: é o negro do mundo. A mulher é a escrava dos escravos. Se ela tenta ser livre, tu dizes que ela não te ama. Se ela pensa, tu dizes que ela quer ser homem. Então o segredo para ser infeliz é ter tempo livre para se preocupar se, se é feliz ou não, assim disse George Bernard Shaw. Parece que Jean Jacques Rousseau estava espreitando os dois quando articulou: O homem nasceu livre e por toda a parte vive acorrentado. E, conclui, sou escravo pelos meus vícios e livre pelos meus remorsos.

Poderia a liberdade está escondida numa conversa? Jean-Paul Sartre parece nos dizer que sim ao sugerir: És livre, escolhe, ou seja: inventa. Mas Victor Hugo reage: Quem não é capaz de ser pobre, não é capaz de ser livre. A conversa chegou aos ouvidos de Johann Goethe que foi logo afirmando: Ninguém é mais escravo do que aquele que se julga livre sem o ser. Mas Simone de Beauvoir defendeu: Querer-se livre é também querer livres os outros. Para finalizar a conversa Epicteto assinalou: A felicidade não consiste em adquirir nem em gozar, mas sim em nada desejar, consiste em ser livre.

Alguém no meio do mundo gritou – E tu Lutero que dizes de tudo isso? Ele porem falou: Deve-se doar com a alma livre, simples, apenas por amor, espontaneamente! O Espírito então nos fez ouvir Paulo: Tudo isso é apenas sombra daquilo que devia vir. A realidade é Cristo. 

...Essas pessoas se fecham em suas visões e se incham de orgulho com o seu modo de pensar. Se vocês morreram com Cristo para os elementos do mundo, por que se submetem a normas, como se ainda estivessem sujeitos ao mundo...?  Todas essas coisas se desgastam pelo uso. Tais regras de piedade, humildade e severidade com o corpo têm ares de sabedoria, mas na verdade não têm nenhum valor, a não ser a satisfação da carne [v.16-23].
O sentido concreto à liberdade é Cristo.

Luiz Clédio Monteiro 
Fundador da Rede Social Cristã
Site: http://doutrinacrista.ning.com/
Web: http://doutrinacrista.ning.com/profile/luizclediomonteirofilho
Blog [Doutrina Cristã]: www.cledio.blogspot.com
Share on Google Plus

About Doutrina Cristã

1 comentários:

  1. 1ª VIAGEM MISSIONÁRIA

    Missionario Abnaias Durães
    Cel: (74) 9966-3738
    Igreja Presbiteriana do Brasil-Irecê-Ba
    Pr.Rev.Cairo Mendonça.

    Missionário Josafá Leite
    Cel: (74) 9974-6769
    Assembléia de Deus-Lapão-Ba
    Pr.Sandoval Reis.

    Saímos de Irecê no dia 18 (segunda-feira) de Julho de 2011.
    Nos povoados do município de Itaguaçú da Bahia.
    Encerramos a missão no dia no dia 22 (sexta-feira) de Julho de 2011.
    Povoados de:
    Toco Preto
    Faz.Almas
    Melancia
    Jacarezinho
    Transamazônica
    Missão
    Baixa Funda
    São João
    Encoso
    Muquem
    Pau Seco
    Nova Vereda
    Acampamos pela primeira vez (segunda-feira:18/06/2011) no povoado de Toco Preto na fazenda de Valmir e Fátima um casal que aceitaram Jesus como Senhor!Eles nos forneceram tudo que precisamos.Queriam que a gente dormissem dentro da casa deles,mas nos dormimos nas nossas barracas.
    Acampamos pela segunda vez (terça-feira:19/06/2011) no povoado Missão.Acampamos á beira do Rio Verde onde armamos nossas barracas e fizemos uma fogueira onde fizemos nossa janta.Oramos,louvamos a Deus,e contamos as
    maravilhas de Deus.Fomos renovados espiritualmente.Foi uma benção!
    Acampamos pela terceira vez (quarta-feira:20/06/2011) no povoado de Muquem na fazenda de Guilherme á beira do rio onde armamos nossas barracas e fizemos uma fogueira onde fizemos nossa janta.Oramos,louvamos a Deus,e contamos as maravilhas de Deus.Fomos renovados espiritualmente.Foi uma benção!
    Acampamos pela quarta vez (quinta-feira:21/06/2011) no povoado de Maravilha na fazenda de Jose Dia um irmão da Presbiteriana, á beira do rio onde armamos nossas barracas e fizemos uma fogueira onde fizemos nossa janta.Oramos,louvamos a Deus,e contamos as maravilhas de Deus.Fomos renovados espiritualmente.Foi uma benção!
    Encerramos a missão e retornamos á Irece as 4.40 hs da tarde de Sexta-feira com o coração rejubilando de alegria por termos evangelizados 124 almas que receberam a Jesus como Senhor!

    ResponderExcluir

Não use o silêncio como a melhor forma de dizer Aleluia!
Deixe seu comentário.
Ele é muito importante.
Obrigado