A inclinação do cristão.


A inclinação do cristão.

[Ef. 4: 27] “Não dêem ocasião ao diabo”.

O cristão vive sobre a Doutrina de Cristo e tem deveres para com ela como um chamado interior; ainda assim busca a teologia para firmar-se na ética da igreja como aprimoramento da conduta exterior.

O cristão não mente por isso fala a verdade sobre a sua vida custe o que custar, pois se sente membro de uma só família. Quando atacado, provocado, busca o fim da rixa sem ressentimento na reconciliação [v.26]. Coisas ilícitas, egoísmo, assuntos censuráveis são fatos do passado. Todos buscam fazer o melhor em suas comunidades [v.28-29].

Tudo que eles querem é não entristecer o Espírito Santo, com que Deus os marcou no dia da sua libertação. Por isso longe deles qualquer aspereza, desdém, raiva, gritaria, insulto, e todo tipo de maldade. Antes buscam a compreensão uns com os outros se perdoando mutuamente, assim como Deus os perdoou em Cristo [v.30].

No entanto se algum deles cair em desgraça. Aí pronto adeus irmão, amigo, companheiro. Todo mundo sai de perto. O pobre crente fica sozinho em seu sofrimento, que, para seus irmãos, passou a ser maldição. “Ele está amaldiçoado. Caiu em desgraça porque certamente pecou contra Deus”. Dizem. “Cuidado ele está sendo castigo por Deus”. A alerta é geral. Todo mundo se afasta para não pegar a culpa e sofrer junto com ele.

É que o verdadeiro crente para os crentes tem que ser um vencedor acima de tudo; imune a qualquer tipo de má sorte, prejuízo, fracasso. Ele não pode se dá o luxo de perder alguma coisa, de adoecer, de passar por alguma catástrofe, morte, desastre, assalto etc. O crente acha que por ser crente Deus tem a obrigação de não deixar-lo passar por nenhum tipo sofrimento. No entanto não é isto o que a Bíblia diz.

Em Mateus [5: 10-12], Jesus disse: “Felizes os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino do Céu. Felizes vocês, se forem insultados e perseguidos, e se disserem todo tipo de calúnia contra vocês, por causa de mim. Fiquem alegres e contentes, porque será grande para vocês a recompensa no céu. Do mesmo modo perseguiram os profetas que vieram antes de vocês”.

Irmãos, Não dêem ocasião ao diabo [v.27], achando que de Deus vem o mal. As provações são o anúncio da felicidade, porque proclamam a libertação. E, nos faz descansar nos eternos braços do nosso Deus. Fazendo do nosso coração, um coração consolado no poder de Deus, porque Deus tem prazer em nos proteger das lutas que não cessam.   

Luiz Clédio Monteiro 
Fundador da Rede Social Cristã
Blog [Doutrina Cristã]: www.cledio.blogspot.com
        E-mail: Lcmf56@hotmail.com
Share on Google Plus

About Doutrina Cristã

0 comentários:

Postar um comentário

Não use o silêncio como a melhor forma de dizer Aleluia!
Deixe seu comentário.
Ele é muito importante.
Obrigado