Header Ads

A seletividade do Senhor


A seletividade do Senhor

[Ef. 1: 4] “Ele nos escolheu em Cristo antes de criar o mundo para que sejamos santos e sem defeito diante Dele, no amor”.

Este versículo é parte de uma louvação em forma de “bênção” declamada por Paulo à igreja [sem corpo] do Senhor.  Mediante a revelação deste mistério nós louvamos a Deus como réplica da nossa salvação. Amem!

Deus foi muito seletivo para achar em meios aos homens, homens capazes de serem santos e sem defeito diante dele, no amor. Quantos desses, Ele achou? Santo já pronto, nenhum com certeza. Porem a fazer deles santos pela sua graça... Jesus nos revelou. “Não foram vocês que me escolheram, mas fui Eu que escolhi vocês. Eu os destinei para ir e dar fruto, e para que o fruto de vocês permaneça” [Jo. 15: 16a].

Essa seletividade teve como base o dom da amizade. Aqueles que como amigo participa da vida dos outros, os auxiliando para o crescimento. Portanto o fruto a que somos chamados, a produzir, é a dedicação ao próximo. Jesus quer amigos livres que obedecem por amor; e, seja capaz de dá a vida pelas pessoas com alegria de quem quer dar vida.

O sinal concreto dos seletos é a amizade. Ele é um amigo de verdade. E, é por isso que o sistema que organiza a sociedade reage com aversão, suspeita e pressão, pois não aceita a importância deste Dom. No entanto os santos do Senhor pelo dom da amizade os chamam com possibilidade de conciliação a fim de permanecerem unidos, presentes no meio da sociedade, dando testemunho de Jesus. Embora saibam que basta um passo para sofrerem perseguição aberta.

Deus em sua seletividade denuncia a perversidade da sociedade injusta e liberta o povo oprimido, e, manda os escolhidos continuarem a missão de Jesus, combatendo a mentalidade perversa enquanto Ele o Pai os protege de se contaminarem com o espírito do mundo, a cujas intimidações e encantos eles não cederão.

Luiz Clédio Monteiro 
Fundador da Rede Social Cristã
Blog [Doutrina Cristã]: www.cledio.blogspot.com
        E-mail: Lcmf56@hotmail.com
Tecnologia do Blogger.