Header Ads

Quantos de nós..


Quantos de nós...

[Ef. 4: 1-3] “Por isso, eu, prisioneiro no Senhor, peço que vocês se comportem de modo digno da vocação que receberam. Sejam humildes, amáveis, pacientes e suportem-se uns aos outros no amor. Mantenham entre vocês laços de paz, para conservar a unidade do Espírito”.

Somente o apostolo Paulo com toda sua dedicação à causa de Cristo, teria o gabarito para aconselhar a igreja neste aspecto: pedir comportamento, humildade, paciência, amor, laços de paz, para que haja unidade espiritual. Ele tinha tudo isso, e, se sentia um prisioneiro no Senhor.

Quantos de nós hoje em dia senti-se prisioneiro em Cristo? Quantos de nós somos humildes em esperar com esperança? Quantos de nós somos amáveis em nossa vocação para nos dispor a qualquer hora a ajudar um irmão? Quantos de nós somos pacientes em suportar as provações que achamos injustas? Quantos de nós que em laços de paz por amor ao Senhor, somos capazes de sentir serenidade nas mais difíceis situações? Quantos de nós vivemos em unidade espiritual apto a louvar e adorar juntos aos enfermos, presos, mendigos?  Em fim quantos de nós sentimo-nos dignos de andar na presença do Senhor?

Embora saibamos que somos um só corpo e um só Espírito [v.4], duvidamos da nossa vocação de termos sido chamada a uma só esperança. Será que realmente cremos em um só Senhor, uma só fé, um só batismo? Num só Deus e Pai de todos, que está acima de todos, que age por meio de todos e está presente em todos? [v.6] Sim ou Não?
Por que então somos assim?


Luiz Clédio Monteiro 
Fundador da Rede Social Cristã
Blog [Doutrina Cristã]: www.cledio.blogspot.com
        E-mail: Lcmf56@hotmail.com

Tecnologia do Blogger.