Header Ads

Uma pessoa transformada




Uma pessoa transformada

[Gl. 1: 23] - Elas apenas ouviam dizer: “Aquele que nos perseguia, agora está anunciando a fé que antes procurava destruir”.

A educação secular faz da criança um homem próspero, preparado profissionalmente, excelente no cuidado com a saúde e na qualidade de vida. Fino nas relações públicas e direito civis. Capaz de consagrar seu tempo aos programas sociais destinados a pessoas carentes. Em fim, faz da criança um homem bem-educado [portador de alguma pós...], e, à sua maneira, adepto às carreiras profissionais, e, por competência e oportunidade toma posse em concurso. Nessa altura, o presente homem consagra toda sua essência de adoração a causa secular. E, tudo que for desfavorável e obstinado, terão em seu encalce a sua censura predadora. Foi assim com o apóstolo Paulo e muitos outros. 

Outrora por patriotismo, atualmente pelo ensejo de garantir o amanhã; à família educa os filhos para servirem profissionalmente o sistema governamental. Alguém pode rebater que há também nas escolas ensino “religioso”. Sem dúvida, digo. Infelizmente ele não tem o escopo de consagração do Senhor Jesus como o único exemplo de vida. Mas, muito mais, como investigação de uma filosofia constituída no passado, tradicional dos nômades.

Assim o homem cristão por nascimento, critica na lei do poder a santidade da igreja, achando que não somos de Cristo como aqueles que Jesus tinha escolhido. A igreja se defende, contando a história da sua vocação [At. 9], nascida de uma experiência direta de Jesus Cristo morto e ressuscitado. Tal experiência transforma profundamente todo aquele que confessar de todo seu coração pela fé, esta verdade. E, ao que crer: de gozador incrédulo será convertido a missionário na sua própria família. 

Portanto, não há razão para temer o homem bem informado que hoje critica a igreja do Senhor. Ele na verdade não foi preparado para Cristo, não teve nenhuma influência humana sobre este direcionamento. Conseqüentemente quando alguém começa a lutar contra um crente, contra a igreja, começa a criticar nossa fé e salvação é por que está preste a “cair do cavalo” para que Cristo possa salvá-lo, e assim, poder conhecer o caminho a verdade e a vida [At 9,23-30].     


Luiz Clédio Monteiro 
Fundador da Rede Social Cristã
Blog [Doutrina Cristã]: www.cledio.blogspot.com
        E-mail: Lcmf56@hotmail.com       
Tecnologia do Blogger.