Header Ads

A incompatibilidade do legalismo

*

A incompatibilidade do legalismo

[Gl. 5: 5] “Nós, de fato, aguardamos no Espírito a esperança de nos tornarmos justos mediante a fé”.

Paulo alerta a igreja de Gálatas do perigo de se tornar legalista, pois seria incompatível com o Evangelho da graça [v. 2]. Mas os falsos líderes tentavam fazer-la acreditar que através do legalismo poderia ser mais perfeita.

Todo aquele que através da dependência dos ritos e cerimônias achar que está justificado, perderá a absolvição de Cristo e cairá. E, o pior; se sentirá cada vez mais envolvido a continuar a observar todo ritual [v.3].

Os líderes consideram que Jesus espera que eles façam de toda a terra um mundo religioso cheio de formalidade, para que Cristo seja lembrado como um triunfalista adepto do poder, da honra e da gloria, e, assim, nesta [falsa] ordem, possam aperfeiçoar uma sociedade corola, enricada a custa de pobres e cada vez mais poderosa a custa de fracos.

O legalismo religioso é incompatível com a graça; totalmente diferente dos princípios que regem a comunidade de Jesus; com o messias que morreu nas mãos das autoridades religiosas do seu tempo. Na verdade o Cristo que ressuscitou em meio à incredulidade, sem honra, retendo seu poder, e, ascendeu ao céu sem pensar na glória, mas preocupado em deixar um consolador, e, enquanto subia recomendava com ênfase à importância do “ide missionário”, ainda anseia por um mundo humano, plenamente humano onde todos devem repartir tudo com todos e nunca, nunca matar.  

Seremos verdadeiros cristãos, se estivermos convictos de que somos totalmente diferentes daqueles que se baseiam na manipulação do povo, a fim de conservar o poder e continuar a exploração. Jesus nos adverte em sua morte para que essa opressão, disfarçada em religião, não seja assimilada por nós.

“Porque, em Jesus Cristo, o que conta não é a circuncisão ou a não-circuncisão, mas a fé que age por meio do amor” [v.6].


Luiz Clédio Monteiro 
Fundador da Rede Social Cristã
Blog [Doutrina Cristã]: www.cledio.blogspot.com
        E-mail: Lcmf56@hotmail.com
Tecnologia do Blogger.