Header Ads

Um dom para o bem de todos.



Um dom para o bem de todos.

1Co. 12: 1: 7 “Cada um recebe o dom de manifestar o Espírito para a utilidade de todos”.

Ninguém falando pelo poder do Espírito Santo poderá deixar de demonstrar-se a favor de Cristo. Assim como os que não têm o Espírito, poderá dizer “Jesus é o Senhor!” Pois vivem irresistivelmente arrastados pelos ídolos do mundo. 

Cada pessoa recebe um dom para o bem de todos. Descubra o seu dom e faça o que puder para o bem da união, distinção e dependência da sua igreja, da sua família. Deste modo você se faz testemunha do ofício do dom do Pai, do Filho e do Espírito Santo, que faz todos voltar-se para cada um, principalmente para os mais fracos e necessitados, partilhando as aflições e exultações.

O dom é para manifestar o Espírito de alguma maneira, mas nem sempre da mesma maneira. Todavia é o único e o mesmo Espírito quem realiza tudo isso, distribuindo os seus dons a cada um, conforme os atos que procede do Pai, e, de toda graça que abrolha de Jesus [v.11].

É tudo uma questão de manifestação espiritual que vem a nós [o crente], pela ação de Deus, para o serviço de Cristo através do Espírito Santo [v.3], gerando dom e dons diferentes para o bem de todos. Dons advindos pelo mesmo Espírito para acender comunidades embora com modos diferentes de agir, mas do mesmo Deus que realiza tudo em todos [v.4].

No entanto precisamos ter cuidado para não cairmos no fascínio do sobrenatural.  Nem todas as manifestações de entusiasmo religioso provêm de Deus. Segundo F.W. Grant “precisamos ser inteligentes para não sermos iludidos pelo poder do inimigo; pois onde Deus opera, ali o inimigo agirá talvez de modo semelhante”. 

Os verdadeiros dons do Espírito são agradáveis a Deus e proveitosos aos demais: ensinando, animando, consolando e estimulando a vida espiritual. E, reconhece Jesus como Senhor!


Luiz Clédio Monteiro 
Fundador da Rede Social Cristã
Blog [Doutrina Cristã]: www.cledio.blogspot.com
Tecnologia do Blogger.