Header Ads

Breaking News

Realidades espirituais.


Realidades espirituais.

[1 Co. 2: 12] “Quanto a nós, não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que vem de Deus, para conhecermos os dons da graça de Deus”.

Toda desordem seja em que sentindo for, tanto no amor da família como na paz entre os amigos e irmão, ou nos negócios é proveniente da falta de atenção [ou conhecimento] do que Deus preparou para nós.

O Espírito nos revela, mas o homem que só confia em sua própria capacidade não consegue atingir a compreensão, de que Deus trouxe para cada um de nós, um bom senso: o perdão para os atribulados; a doçura da palavra para os desolados; a riqueza da benção divina para os pobres necessitados; o gozo e a proteção para os órfãs necessitados de adoção; e, a fraternidades para os que têm parentesco com o povo de Deus no mundo inteiro. Tudo para evitar o conflito entre os sentimentos de vingança, ódio, egoísmo (...), que traz derrota diante do benefício da anistia entre os homens. Esta compreensão é obra do Espírito para os que se aprofundaram na fé [v.2: 9-16]. 

Entenda uma coisa, você é um homem levantado pelo Senhor e que esse sustentamento custou o sangue do seu Filho Jesus e que sua principal missão é a restauração da paz e adoração a Deus e com isso, testemunhar para o livramento de nações inteira da opressão do Satanás.

Aquele que é capacitado pelos Dons Espirituais, tem o dever de participar dos momentos críticos do seu povo e da sua Igreja. Em caso de opressão, entretanto, a sua função é de ser instrumento usado por Deus no livramento de muitos.

"Se não se pode perdoar, não vale a pena vencer" (Victor Hugo).


Luiz Clédio Monteiro 
Fundador da Rede Social Cristã
Blog [Doutrina Cristã]: www.cledio.blogspot.com