Na luta pela paz, desconfie de si mesmo!


Na luta pela paz, desconfie de si mesmo!

[1Co. 1: 26] “Portanto, irmão, você que recebeu o chamado de Deus [para a unidade], veja bem quem é você”.

Quando se trata de cogitar a união ou reconciliação em meio ao povo de Deus, você tem que suspeitar de todos ate de si mesmo. Porque o mundo [de Satanás] em tudo contribuirá para o contrário. Portanto desconfie de tudo ate de si; para que você não se veja de uma hora para outra [em nome do bom resultado], valorizando a riqueza, o intelecto, a facilidade de expressão e ate a boa aparência de alguns; consequentemente, desprezando àqueles que não se encaixam nesses padrões. 

Neste caso sem contar com o patrimônio e a eloquência daquele “grupo especial” possivelmente haverá um declínio do projeto quanto à auto-suficiência o que fatidicamente o levará a se abrir com Deus. Assim, vendo-se como um “Jesus crucificado” a beira do fracasso e da vergonha de não ter obtido o resultado desejado no chamado de Deus, você descobrirá que a verdadeira unidade da identidade cristã é a dos pobres e dos desprovidos de qualidades especiais. Lembre-se sempre [orando] que o poder e a graça de Deus se manifestam nos pobres, fracos e simples. Ali está à esperteza de Deus que para o mundo é loucura [v.17-31].

Uma vida difícil, abraçada no prazer da paz, edifica a alma e o espírito de modo não precisarmos ter medo de coisa alguma. Esta é a novidade que provoca transformações radicais; o que aprendemos em um, serve no outro e vice-versa; fluindo no aprendizado, vamos compreendendo a roda da vida e aceitando os acontecimentos com prazer uma vez que sabemos quem somos nós, pela maneira como construímos nossa vida tão legítima como qualquer outra.

Luiz Clédio Monteiro 
Fundador da Rede Social Cristã
Blog [Doutrina Cristã]: www.cledio.blogspot.com

Share on Google Plus

About Doutrina Cristã

0 comentários:

Postar um comentário

Não use o silêncio como a melhor forma de dizer Aleluia!
Deixe seu comentário.
Ele é muito importante.
Obrigado