Header Ads

Aprender da história



Aprender da história 

[1 Co.10: 11b] “...a nós que vivemos no fim dos tempos”.

Nossa geração não viu Jesus. Nossa geração não viu algo semelhante aos grandes milagres do VT. E, nem soubemos de alguém que fora arrebatado aos Céus como Enoc, Elias. Podemos pensar que nossos antepassados tiveram mais assistência de Deus do que nós. Mas na verdade somos nós, os privilegiados; uma vez, que, eles só tiveram edificação com os acontecimentos de suas épocas; ao passo que, nós temos a graça de saber de toda a história, desde o princípio. Assim podemos dizer que temos na Bíblia uma grande preleção do Espírito Santo cheia de exemplos para nossa direção e salvação.  Entretanto ainda procuramos coisas não reveladas como, por exemplo: o nome da mulher de Caim. E, achar que se soubéssemos, ajudaria mais na nossa vida cristã. 

Então não vamos ignorar [apesar da vida cristianizada que levamos] se vacilarmos como vacilou os ancestres, que, atravessaram o mar; comeram do mesmo alimento direto do céu; beberam da mesma água da rocha, e apesar disso, a maioria deles não agradou a Deus, e caíram mortos no deserto [v. 1-5].

Essas coisas aconteceram no passado e são como exemplo de ensino, a nós que vivemos no fim dos tempos [v.11]. Portanto, aquele que julga estar em pé, tome cuidado para não cair [v.12]. Graças a Deus, que, nosso Pai que está nos Céus é fiel. Para cada tentação chegada, somos agraciados com uma força apropriada para combatê-la. Inclusive o próprio alcance dela é supervisionado para que não seja maior que nossa coragem. 

No entanto não devemos esquecer que esta ajuda divina não é válida para as tentações criadas por nossa perversidade, própria da cobiça, da idolatria, da fornicação, da provocação, do desespero. Essas não têm como Deus controlar seu tamanho e nem criar uma defesa como quando somos tentados ou provados por outros, estando nós inocentes. Neste caso o castigo da colheita maldita virá.

Precisamos a todo custo evitar os privilégios para não tentar o Senhor. Nem devemos murmurar para não cair nas mãos do anjo exterminador.  Qualquer coisa que venha substituir Jesus é desaprovada, torpe, e leva a morte.
Mantenha-se fiel, confiando no apoio de Deus.
Luiz Clédio Monteiro 
Fundador da Rede Social Cristã
Blog [Doutrina Cristã]: www.cledio.blogspot.com

Tecnologia do Blogger.