É preciso decidir desde já



É preciso decidir desde já.

Por: Luiz Clédio Monteiro

Jesus veio, morreu por nós; ressuscitou por justiça, acendeu aos céus por amor do Pai. A igreja foi instalada pelo Espírito Santo, o Evangelho está sendo divulgado ate os confins da Terra. Dos 24.000 povos existentes no mundo, resta menos de 6.800 para serem alcançados [28%].

A consumação do Reino se realiza através do julgamento que separa os bons dos maus. Os que vivem a justiça anunciada por Jesus tomarão parte definitiva no Reino dos Céus com Deus; do contrário, serão excluídos para sempre. Somente através da pessoa de Jesus é possível compreender o mistério do Reino de Deus, escondido na história desde o início do mundo. É preciso decidir desde já.

Praticamente o Reino está instalado na Terra. Só não aconteceu definitivamente por que Jesus ainda não concluiu sua missão em meio aos incrédulos que continuam impedindo a justiça do Reino de se estabelecer entre os homens. Trata-se de uma sabotagem premeditada feita por aquele que quer usurpar a autoridade de Deus no mundo; fazendo duvidar, que, Jesus, sendo um de nós, seja impossível que Ele tenha a autoridade de Deus. Por isso, eles o rejeitam. Essa rejeição não é acidental: é apenas mais uma prova de que Jesus é o enviado de Deus. De fato, todos os profetas do Antigo Testamento também foram rejeitados.

A participação de Deus neste processo parece desaparecer no meio dos homens. Num segundo momento, porém, ela exerce ação transformadora no seio do seu povo. Deus na gestão no Reino nos Céus recebe seus eleitos; e, fica junto deles; e, isso é uma bem-aventurança que separa por definitivo seus filhos das estruturas políticas e econômicas que fascinam e seduzem. Enquanto isso, os que não crêem colocam questão sobre a origem da autoridade de Jesus, embora às vezes admirem sua história, cheia de poderes e milagres.

Os que têm fé estão separados para Deus. Em Jesus tudo se renova e toma este novo sentido. Deus é para aqueles que crêem. É impossível agradá-Lo de outra forma.

[fonte: Mateus e Hebreus]

 
Share on Google Plus

About Doutrina Cristã

1 comentários:

  1. Amados, no meu ponto de vista, [em relação ao mundo] Deus entrou de férias definitivamente desde que Jesus ressuscitou. Ele agora vive conosco os convertidos, nos guardando de tudo e de todos com seu amor de misericórdia. Enquanto que, Jesus vive no meio dos incrédulos salvando e batizando [através dos seus missionários]. Foi por isso que Jesus disse certa vez, que, iria chegar o tempo em que nós não precisaríamos mais pedir ao Pai em nome Dele. Pois ele era nosso irmão e Deus o nosso Pai.
    No meu dia-a-dia, vejo as minhas orações sendo atendida, vejo livramentos acontecendo; e, o melhor sinto uma paz sem justificativa nenhuma. Quero dizer que embora eu tenha um dia sufocado de afazeres e compromissos, mesmo assim é como se eu não vivesse os problemas. Eles existem mais não ficam em mim, mas sim a paz entre eu e o caso, no caso.
    Amados sinceramente, não deixem de orar pelos seus problemas, sejam específicos com Deus. E nunca, nunca, mesmo; nem por um segundo duvide do amor do Pai, da sua Paz, de suas Providências. Não compare de forma alguma sua justiça, seus pensamentos com os Dele. Deus não existe para os que não têm a marca do amor, da fé, da caridade; por fim, da esperança e da confiança de descansar em Deus.
    Aleluia

    Luiz clédio

    ResponderExcluir

Não use o silêncio como a melhor forma de dizer Aleluia!
Deixe seu comentário.
Ele é muito importante.
Obrigado