Na Páscoa!



Por: Luiz Clédio Monteiro

Na Páscoa, quem é mais lembrado: Deus, que para libertar o povo, derrota o opressor e seus ídolos (Ex. 12). Ou o Coelho, que para matar o desejo das crianças (o povo), traz o saboroso ovo de chocolate?

Na Páscoa, o que mais comemoramos: A justiça de um Cristo Pascal, punindo o opressor e protegendo o oprimido. Ou os espíritos maus destruidores e exterminadores que causam flagelo ao povo?

Na Páscoa, o que devemos preservar: A fé em Cristo, que nos tornou livre. Ou submeter-se aos elementos estruturados sobre a opressão?

Na Páscoa, o que devemos manter vivo: A memória da libertação por Deus, ao longo de todas as gerações. Ou sustentar uma consciência alienada, reproduzindo uma sociedade estruturada na desigualdade e opressão?

Na Páscoa, qual o ponto mais alto: A ruptura do poder rendendo-se a fé cristã. Ou o abalo das estruturas governamentais com a morte dos seus lideres?

Na Páscoa, o que devemos aproveitar: A vantagem da liberdade por sermos salvo pela fé. Ou esquecer isso é tornar-se escravo novamente, cultuando os ídolos (sábado de aleluia – Judas), que lembra (e pode produzir), escravidão e morte?

Só pode participar da Páscoa quem está comprometido com o processo da libertação. E, aceitar Cristo como Salvador, se tornou o sinal desse compromisso.
Share on Google Plus

About Doutrina Cristã

9 comentários:

  1. Olá amado irmão, que lindo trabalho este seu, Jesus continue lhe abençoado nesta jornada, gostaria de saber onde faço este flash de imagens que tem acima das postagens, fiaria grata,mca.ibmontetabor@hotmail.com Fica na Paz!
    Me visite: www.conectadacomjesus.com.br
    mca.ibmontetabor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá graça e paz!

    Fico feliz em ver mais um blog cristão, espalhando a palavra
    de Deus, estou passando para te visitar, e dizer que seu blog
    está sendo uma bênção em nossa blogosfera cristã, já estou te
    seguindo.

    Faça-me uma visitinha e aproveite para participar do
    Sorteio do livro: TEMPERAMENTOS TRANSFORMADOS POR TIM LAHAYE

    Crislaine

    Abraços
    Legal sou seguidora 500

    ResponderExcluir
  3. Aleluia, minha irmã Crislaine.
    Parabéns pra nós, e, principalmente Jesus.

    Shalon.

    ResponderExcluir
  4. É. A páscoa é exactamente isso.
    Amei ler seu Blog.
    É isso que eu estava procurando.
    estava cansada de ver todos dizerem que queriam os chocolates.
    Passou os anos e as pessoas se esqueceram da real essência da Páscoa!
    Agradeço muito suas palavras.
    Confortaram-me profundamente.
    Tenhas bom fim de semana!
    Abraços, =D

    ResponderExcluir
  5. *Luiz, muito obrigada pela tua visita ao meu

    "amado" *Caderninho !!! *

    *Ótimo final de semana !!!

    *Fiques com Deus.

    * Um abraço.

    ResponderExcluir
  6. Obrigado Fada, Buh, pelos comentários.

    shalon

    ResponderExcluir
  7. LUIS AMIGO QUERIDO..
    PRIMEIRO QUERO ME DESCULPAR POR ANDAR AUSENTE, MAS ESTOU SEMPRE POR DENTRO ATRAVÉZ DO EMAIL..
    HOJE NÃO PODIA PASSAR SEM EU VIR PARA UMA VISITA E SABER COMO VC ESTÁ??
    ESPERO QUE TUDO ESTEJA NA PAZ DE DEUS E SUA FAMILIA COM MUITA SAÚDE..
    AQUI ESTAMOS TODOS BEM, MUITA CORRERIA VC SABE, SOMOS SÓ EU E O MARIDO PRA DAR CONTA DE TUDO, MAS TENHO UM COMPANHEIRO MARAVILHOSO QUE ESTA SEMPRE PRESENTE E AJUDANDO COM A MENINA E A VIDA EM GERAL..
    É BÃO DEMAIS DA CONTA....KKK
    NO MAIS MEU QUERIDO SAIBA QUE NÃO ME ESQUECI DE VC NÃO, VIU??
    TENHA UM FDS CHEIO DE BENÇÃOS E MUITA ALEGRIA..
    UM ENORME BJUIVO NO SEU CORAÇÃO E EM TODOS DE CASA.
    SAUDADES...
    "TE ABENÇÕO EM NOME DE DEUS".
    LOBA.

    ResponderExcluir
  8. LobaVal, é com muito alegria que recebo notícias suas.
    Obrigado pelo carinho, pela força, pelas bençãos.
    Continue sendo essa pessoa corajosa que adota as mudanças sem sofrimento, e evolui de modo saudável e crescente, rumo à felicidade como pessoa e espírito.
    Grande abraço, Shalon
    Luiz

    ResponderExcluir

Não use o silêncio como a melhor forma de dizer Aleluia!
Deixe seu comentário.
Ele é muito importante.
Obrigado