Breaking News

ads header
  • Breaking News

    terça-feira, 23 de março de 2010

    Qual a solução sustentável?




    Dois pontos analisados em pesquisa:

    I - “Nunca, na história mundial, a literatura tentou desmentir, com tanta veemência, a veracidade da Bíblia. São muitas as publicações com este fim: The Jesus Family Tomb (O túmulo da família de Jesus); A Bíblia não Tinha Razão (de Israel Finkelstein e Neil Asher Silberman); Deus, um Delírio (Richard Dawkins), entre outros. Para apontar as principais evidências dos evangelhos, o professor Rodrigo P. Silva escreveu o livro Escavando a Verdade: a Arqueologia e as Incríveis Histórias da Bíblia. Na publicação, ele prova que os fatos citados na Bíblia, de fato, aconteceram”. (atendimento@livrariapapiros.org).

    I - "Davi, amigo meu, falou ao meu amigo Eduardo que gostaria de conhecê-lo melhor e se tornar seu amigo. Dias mais tarde Davi recebeu pelo correio uma cópia autografada da autobiografia de Eduardo.
    Um bilhete acompanhando o livro sugeria que Davi encontraria nele tudo o que desejava saber. Se tivesse alguma pergunta ele tinha liberdade para ligar. É compreensível que Davi tenha se sentido rejeitado. Ele queria um relacionamento com Eduardo e não dados sobre ele.
    Deus escreveu o que equivale a uma autobiografia. Mas como toda autobiografia os 66 livros da Bíblia são histórias, ensinamentos, poesias e compreensão sobre seu Autor. Ler sobre Deus e tudo o que Ele fez não significa ter relacionamento com Ele.
    Por tê-lo lido passei a conhecê-la melhor e a compreender com mais clareza o que ela experimentou na vida. Mas o que aprendi com o livro não define meu relacionamento com ela.
    Seria penoso tentar compreender quem Ele é sem ler e estudar a Bíblia. Mas ter relacionamento com Ele é diferente. É preciso gastar tempo e compartilhar a vida com Ele de maneira significativa.
    Jesus instruiu: “Permaneçam em Mim, e Eu permanecerei em vocês” (João 15.4). Ele prometeu que, assim fazendo, viveríamos de maneira frutífera e agradável aos Seus olhos.
    Obs.: Uma coisa que me deixa intrigado é por que pessoas devotas parecem conhecer pouco sobre a Bíblia, enquanto outras que exibem grande conhecimento dela, demonstram pouco amor e compaixão pelos outros, qualidades que moldam o relacionamento de Deus com Seu povo." (do e-mail: O SIGNIFICADO DO RELACIONAMENTO)

    Meu comentário:
    Qual a solução sustentável para manter o crente ungido. É ler todos os livros relacionados a Jesus, ou usar o recurso natural da fé em oração?

    2 comentários:

    1. Me faz lembrar de Jesus ...qundo aflito e angustiado encontra os dicipulos dormindo,e indaga-os...de não poderem orar com ele nem uma hora. conclusão:estavam com Jesus,viram milagres,conheciam a historia...mas não estavam em comunhão com o Senhor.

      ResponderExcluir
    2. Ola Taquini,

      Obrigado pelo comentário. visitarei seu blog.

      paz.

      luiz

      ResponderExcluir

    Não use o silêncio como a melhor forma de dizer Aleluia!
    Deixe seu comentário.
    Ele é muito importante.
    Obrigado