Header Ads

ENLAÇO INTENSO E ARRISCADO




Por: Luiz Clédio Monteiro

Nestes doze anos de convertido, dos muitos aspectos mencionados no artigo, “Minha Vida Convertida”, queria ponderar um pouco sobre o comentário que aludi sobre a passagem bíblica em Efésios 3:16 – “Para que, segundo as riquezas da sua glória, vos conceda que sejais corroborados com poder pelo seu Espírito no homem interior”, que assim escrevi: “Para esses sou influente mediante o Espírito Santo, para fazer receber Cristo em seus corações; e, operar em seu nome. Penso em como posso dar ao invés de receber”.

Chuck Swindoll (1934. Graduate of Dallas Theological Seminary), certa vez comentou - “Se você tivesse um tumor e ao lhe examinar seu médico determinasse que fosse maligno você gostaria que ele não lhe contasse a dura realidade?...” e concluiu: “Se queremos a verdade daqueles que cuidam da nossa condição física, quanto mais devemos querer a verdade daqueles que cuidam de nossas almas”.

Quando me converti, assim como eu, vi inúmeras pessoas recebendo do pastor, o famoso aviso: “Meu filho” - dizia o pastor comovido, logo após a oração ao Senhor, pedindo salvamento para nossa vida e de toda nossa família - “Nestes próximos dias, em que você estará radiante, narrando a todos sobre a sua decisão em receber Cristo como seu Salvador, queria diante mão, deixar bem claro a você, que, o inimigo (o Diabo), estará furioso com a perda da sua alma; e, não vai deixá-lo em paz por algum tempo. Desta forma, esteja preparado para os ataques. Não desista; haja o que houver; não desista.” E, concluía penosamente, como quem via uma ovelha indo para o matadouro – “Estaremos orando por você, filho; lembre-se, você não está só. Seja forte!” Sempre haverá represália, quando de fato houver conversão por amor a cruz!

A conversão é um enlaço intenso e arriscado, mas repleto de amor; como de um amante, onde não há fraqueza as voltas em uma fuga; mesmo sobre possíveis ataques fulminantes do oponente. É preciso ter coragem para prosseguir nesta decisão silenciosa, entre o amor invencível de Cristo que nos chamou; e, o confronto com o Diabo, por desistência. O que de repente é uma declaração de conversão ao amor do nosso Deus sobrenatural; torna-se também de repente, uma afronta ao influente opositor de Cristo; o qual não se pode vencer, senão, pelo sangue de Cristo Jesus, em Seu nome dando glória!

Foi neste sentido que de contínuo orei com dezenas, quem sabe, centenas de convertidos que cruzaram por mim. A minha influência (pelo Espírito Santo), ia até o ponto em que desvendava Cristo chamando-os para Ele. Daí para frente, orava pensando unicamente numa forma de como ajudá-los, em tudo que pudesse, para mantê-los salvo do inimigo. Inimigo este, que eles jamais idealizariam, quão violento e presunçoso seria.

E, dando razão a Deus todo dia, em meio às lutas, o crente canta. “Que amor é esse que se move dentro de mim. Me, alcançou com perdão, intensamente me atraiu. É impossível está distante desse amor que me cerca. Eu amo te amar Senhor”

Shalon...
Tecnologia do Blogger.