Breaking News

ads header
  • Breaking News

    quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

    A MINHA NOVA HISTÓRIA




    Por: Luiz Clédio Monteiro.

    Comentando sobre os meus doze anos de crente mencionado no artigo, “Minha Vida Convertida”. Com relação a esta minha nova história, resumindo disse: “Assim vivo cheio do Espírito com liberdade de acesso a Deus em Cristo. De modo que posso produzir resultados em outras pessoas.” Em conformidade com a Palavra bíblica, II Corintos 3:16 – “Mas, quando se converterem ao Senhor, então o véu se tirará”. Porque a Palavra não volta vazia. Aleluia!

    Você se transformará naquilo que de fato te converteu.

    Os idólatras, são iguais aos seus ídolos. Por anátemas, são mudos para articularem, o nome de Jesus, e, salvarem-se; cegos, para verem o caminho da verdade da vida, e, seguir; surdos, para ouvirem a Palavra redentora do Reino, e, crerem; e, paralíticos para irem ao encontro de Jesus espontaneamente, atendendo ao chamado da conversão.

    A vida de necessidade no dia-a-dia de um crente; nada tem haver, com a sua iluminada existência espiritual com Cristo. Embora este mesmo crente, não saiba quão grande é o poder de Deus, pois se soubesse, não O magoaria (Hb. 7:26).

    No encontro de casais com Cristo, pela PIB em 97; o que mais me impressionou, foi o fato de saber pelos testemunhos, que, Jesus estava vivo. Verdade, esse tempo todo que convivi com as histórias e imagens de Jesus nas igrejas, mídias seculares; tudo fazia crer, que Jesus, era apenas o “Senhor Morto” das procissões organizadas pelas paróquias. Seus lindos exemplos, faziam parte da história de um homem santo, que ha muito, morreu pela causa de Deus. E, que, ressurreição, era somente para a alma; não tendo nada haver, com um “reviver” literalmente.

    Jamais poderia imaginar, que, nos dias de hoje, Jesus estivesse operando prodígios através de um povo santo de Deus, que proclama seu nome com louvor e adoração; tornando isto evidente o tempo todo. Lamentavelmente erramos, por não conhecermos as escrituras (Mc. 12:24).

    Desde então, tenho contemplado os seguimentos da minha vida com Cristo. Ele tem moldado meu pensar e agir. Lembro-me, e, oro em nome Dele sempre! (Ap. 1:8) Nunca vi alguém com semelhante glória, virtude e sabedoria. Como pecador, o Senhor Jesus, bem sabe quais as palavras, e, atitudes não vêm de mim, e por isso Ele ás vezes cala por piedade a minha pessoa (Tg. 3:2). Por isto, compartilho com os outros esses princípios, para produzir neles a fé que tenho.

    Antes eu procurava pelo certo e o errado; hoje, aprendi que a palavra de Deus, é o perdão. E, o perdão, é uma concepção que abracei para o resto da minha vida (Fl.3: 12-17). Antes eu sempre tinha uma justificativa para as coisas; hoje, o arrependimento quebra o ciclo do pretexto evitando qualquer tentativa de resistência à operação do Espírito de Deus (I Jo. 1:8).
    A verdade de fato liberta; pois, apesar de tantos problemas que tenho, sinto-me livre em todas as áreas da minha vida (Gl. 5:1).

    Thomas Edison, as voltas com o invento da luz elétrica, disse: "Eu quero tornar a eletricidade tão barata que somente os ricos possam dar-se ao luxo de queimar velas." Parafraseando digo: “Pelo amor que tenho por Jesus, prometo lutar, para tornar a salvação através do Evangelho, tão plausível, que, somente os intelectuais, possam dar-se ao luxo de rejeitá-la!”

    Shalon, do Eterno Deus de Israel!

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Não use o silêncio como a melhor forma de dizer Aleluia!
    Deixe seu comentário.
    Ele é muito importante.
    Obrigado