“Você crer que o sol nasce para todos?”

Quando ouvimos o mundo proclamar aos quatros ventos que o “Sol nasce para todos”, podemos dizer a primeira vista que nisto o mundo não mente e que dessa vez pelo menos dessa vez ele reconhece a eterna misericórdia de Deus.
É que o mundo está sempre nos levando para longe de Deus, seja por negar diretamente seus fundamentos; seja em sutileza distorcendo a verdade omitindo-a em parte trazendo danos irreparáveis aos homens menos desprevenidos.
Analisando o Sol nascendo para todos com discernimento Espiritual podemos ver nesta linda frase, mais uma astúcia para afastar os homens de seu dever de amar a Deus primeiro, antes de qualquer coisa. Porque si assim fosse; pra que Deus, se independente Dele, já temos o sol para nos iluminar todo dia!
Se de fato o sol nascesse para todos; todos teriam o conhecimento da razão dele está nascendo todo dia.
Na verdade o sol está nascendo todo dia para os que conhecem e percebe a visão de Deus; enquanto os demais são apenas espectadores por encontrar-se no lugar.
Se não, vejamos, você seria capaz de aguar sua horta com o fim de fazer fortalecer as ervas daninhas que nela nasceram ou seria principalmente pelos tomateiros e outras hortaliças que irão dar frutos?
No passado entretanto quando JESUS se fez carne em pessoa gerado pelo Espírito Santos e nascido de Maria, todos os homens tantos os bons como os maus puderam vê-Lo e ouvi-Lo. Eu diria que até esse tempo sim, o Sol havia nascido para todos indistintamente.
Mas em nosso tempo de plenitude em que Espírito Santo se encontra na terra, é diferente. Nós já sabemos distinguir a mão direita da mão esquerda. Por isso, o Espírito Santo é notado apenas pelos que são chamados filhos da Graça. Portanto, é para esses que o Sol agora tem nascido todos os dias, enquanto que os demais recebem essa luz da mesma forma como as ervas daninhas recebem da água que a alimentam e as fazem crescer, sem, contudo agradecer por não saberem a razão.
Por acaso podemos dizer que é a mesma coisa, quando duas pessoas se alimentam da mesma comida, uma a recebendo em oração de agradecimento ao sentar-se à mesa e a outra com o coração endurecido, recebendo de esmola na porta da rua?
Quando vires amanhã um novo dia raiar o que o teu coração te dirá, seria por esmola essa nova chance que Deus está te dando ou pela Graça que Deus ver em tua vida, permitindo que possas viver para colher o fruto do teu trabalho. Você vai se alimentar assentado na mesa pela graça, ou em pleno portão pela misericórdia?
Então vamos junto rasgar o véu que encobre o final da frase, em questão. Vamos tirar a reticência invisível e leiamos juntos com o complemento antes obscuro:
“O sol nasce para todos (...) aqueles que amam a Deus e tem o Senhor Jesus como seu único e suficiente Salvador; enquanto que para o mundo, é apenas uma prova de que Deus existe independente Dele ser ou não lembrado pelos homens”.


SLZ,18-11-2005
Luiz Clédio Monteiro Fº
Share on Google Plus

About Doutrina Cristã

0 comentários:

Postar um comentário

Não use o silêncio como a melhor forma de dizer Aleluia!
Deixe seu comentário.
Ele é muito importante.
Obrigado