Header Ads

Remindo as Decisões



O problema dos que não vivem autenticamente a sua fé, como viveu Jesus Cristo. Em outras palavras, como filhos de Deus.
Já não digo ter o mesmo ato de amor de Cristo na cruz, onde ele entregou sua vida por todos. Não. E nem tão pouco poder ter uma vida nova ao ponto de compreende todas as atitudes do homem, como uma resposta ao dom de Deus.
Mas contudo, no fato perigosíssimo do momento em que tem que dizer, “não” para alguma coisa, sempre diz erradamente, “sim”. E, quando chega a hora certa de dizer, “sim”, diz secamente, “não”.
O prejuízo é incalculável. Vidas inteiras se perdem para sempre nesses poucos momentos equivocados.
E, o pior, o orgulho não busca modificar o aspecto dessas decisões, mas quer que elas sejam soluções de renovo para ser vivida em coerência com tudo aquilo que eles não procuraram aprender a receber de Cristo.
Em quanto isso, Jesus Cristo diz: sem mim nada podeis fazer. Porque assim como Cristo é o Salvador de todos, ele será também o juiz de todos.
Venha para este caminho, esta verdade e esta vida que se chama Cristo; e aprenderas a dizer para cada sim, um sim! E, quando for chegada a hora de dizer não, simplesmente dirás, não!

(Luiz Clédio)
Novembro/2007
Tecnologia do Blogger.