Header Ads

Permanecer ou Abundar?

O Dilema do discípulo: sentar aos Seus pés ou servir em Seu nome?
(Lc. 10: 38-42)

Precisamos ser lembrado de quem nós somos e em qual postura está inserida a nossa intenção.
O movimento Ekklesia fez uma pesquisa em 2003 sobre o “status quo” do crente na igreja. E, o que se viu foi um grupo de inovadores muitas vezes incerto sobre o caminho a trilhar, tão pequeno, quanto à proporção dos discípulos de Jesus em relação aos judeus, enquanto que, a metade de toda a igreja está indecisa, reticente ao mover do Espírito ou suscitando uma insurreição silenciosa sobre os mares desconhecidos do avivamento. Veja:



Percentual
Tendência
Postura
2%
São inovadores
Luz
14%
A força da opinião
Favorável
34%

Vão na onda

Aceitam
34%

Hesitantes

Indecisos
16%

Desistentes

Insurreição
Fonte: wca/ekklesia

E você. Onde está você? Vamos que você não esteja inserido nestes cinquenta por cento hesitantes e/ou desistente. Seria você então luz para os pés dos seus irmãos, ajudando-os a crescer em Cristo? Ou quem sabe um irmão favorável ao crescimento da igreja. Que têm levado outros a fazerem parte do seu Grupo Pequeno, e suplica com alegria pela cooperação com o Evangelho.
Se não, pelo menos você é aquele irmão que está indo na onda ao invés de atrapalhar, participando dos cultos e dos eventos da igreja gastando muito bem, seu tempo. É freqüentador assíduo das reuniões do seu GP. Está sempre nas vigílias. É aluno de uma classe cativa de estudos indutivos na Escola Bíblica Dominical e já passou pelo currículo da EBD nos cursos de Rede Ministerial, Conhecendo Sua Igreja, Cristão Contagiante, Obreiro Aprovado. Participou de estudos alternativos sobre Cura Interior, Sermão do Monte... Foi presença certa nas jornadas de devoção, nos treinamento, nos encontros facilitadores, nos seminários. É convidado às confraternizações, casamentos e formaturas. Torce nas partidas esportivas do campeonato da igreja. Nos retiros está sempre à vista e todos lhe viram no último jantar do dia dos namorados.
Mas, como no abrir e fechar de olhos sobre-sai uma pergunta: com tudo isto, eu estou abundando ou apenas permanecendo? Se a resposta for permanecendo, você então deve está preocupado com o que Jesus possa pensar de você por não ser um irmão que abunda. Não se preocupe (eu diria), Ele entende. Contudo a princípio você pode se justificar por ser um permanente (espelhando-se em Maria - Lc. 10: 38-42), já que é a melhor parte.
Mas, você está incomodado e o desejo de abundar continua crescendo. Analisou melhor a passagem bíblica e viu que, a mensagem nos ensina que o permanecer em Jesus, nos mostra que o mais importante do que fazer as coisas é como fazê-las de modo novo. O que o fará alem de abundante, um crente inovador. Luz! Então está decidido, ir alem de um permanente espectador evangélico e servir com abundancia fazendo parte da força favorável ao crescimento avivado da sua igreja é a razão maior. Aleluia!...
Gostaria que você mesmo me dissesse de que maneira isto está acontecendo em sua vida.
O que você está fazendo para tornar a sua igreja e a sua família o seu próximo? (Lc. 10: 25-37)
(Luiz Clédio)
Agosto/2007
Tecnologia do Blogger.