Header Ads

Arquivo blog: clediomonteiro.webblogger.terra.com.br

"CIÊNCIA DA PALAVRA FALADA"
A ciência da Palavra falada para acessar o poder de Deus.

1. Você pode usar a oração para produzir mudanças espirituais e materiais na sua vida
2. Quando se usa o nome de Jesus em súplica, você acessa o poder ilimitado da misericórdia de Deus.
3. A continua pratica da oração aumenta o seu benefício.
Você Pode Usar a Oração Para Produzir Mudanças Espirituais e Materiais na Sua Vida se de fato já proclamaste Cristo como sendo teu único e suficiente Salvador.
É importa portanto para quem você ora; pois o simples fato de exprimir um desejo a um ‘poder superior’ pode trazer resultados surpreendente. E como só se dar o que se tem, convém pedir ao Deus Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo em Seu Nome, porque como Ele é a Verdade, a Ressurreição e a Vida, de certo receberás da graça que Ele vive e exprime
Os cientistas não sabem como nem porque ela funciona. Mas um número cada vez maior de estudos sugere aquilo que, há milhares de anos, as pessoas sabem intuitivamente: a oração realmente funciona.
Um estudo desenvolvido entre os pacientes cardíacos do Hospital Geral de San Francisco por quem as pessoas oravam, revelou que eles se recuperavam melhor do que os pacientes por quem ninguém orava. Os que recebiam orações necessitavam de menos antibióticos e apresentavam menos complicações do que aqueles que não recebiam orações. Referindo-se a esse estudo, um médico chegou a dizer: "Talvez devêssemos receitar o seguinte: ‘Rezar três vezes ao dia’. Quando funciona, funciona mesmo"
Um outro estudo, realizado no Centro Médico de Dartmouth-Hitchcock, verificou como as orações dos pacientes afetavam a sua recuperação em cirurgias cardíacas. Este estudo, desenvolvido em 1995, constatou que os pacientes que buscavam consolo e força na religião, o que provavelmente incluía orações, tinham três vezes mais probabilidades de sobreviver aos seis meses seguintes à operação do que os pacientes "não religiosos".
Algumas pessoas são céticas em relação a estudos como estes, porque crêem que a esperança de melhorar influencia os resultados. Por isso, muitos estudos têm sido realizados com animais e plantas. Estes estudos, sempre feitos com grupos de controle que não recebiam orações, revelaram que os ratos, as sementes e até as células vermelhas do sangue podem ser curadas ou protegidas pela oração. (Ver o livro Healing Words da autoria de Larry Dossey).
Oitenta e dois por cento dos americanos acreditam no poder curador da oração pessoal e 64 por cento acham que os médicos deveriam orar com os pacientes que o desejarem.
Estes estudos mostram como a mente pode ser poderosa e sugerem que a oração funciona. Demonstram um princípio que você talvez já tenha descoberto por si mesmo — o de que as orações podem produzir mudanças espirituais e materiais na sua vida.
Tem uma afirmação conhecida que diz que aqueles que receberam a Cristo e tem a sua vida dirigida pelo Espírito de Deus, tem uma forma poderosa de oração. São chamado de Homem Espiritual "O homem espiritual discerne todas as coisas" (1 Coríntios 2:15,16). Ele tem a vida controlada por Cristo porque Cristo é o centro da sua vida de forma que ele vive fora do centro da sua própria vida, devido as suas ações e atitudes serem controladas por Cristo, resultando em harmonia com o plano de Deus. " Que Deus Seja Magnificado ! "
Surge no momento um estudo sobre a ‘Oração Em Voz Alta’ no qual diz ser mais ‘Eficiente Do Que Uma Oração Silenciosa’.
Esse estudo está baseado no poder do Som. Em Gênesis lemos que Deus iniciou o processo da criação pela palavra. Ele disse "Haja luz !" e o universo começou a ser criado. Será que o som é tão poderoso assim ? Bem, o som faz mais do que estimular o nosso canal auditivo. Sabemos que ele pode ser uma força muito destrutiva — como por exemplo, a nota aguda que estilhaça o cálice de cristal, a explosão do supersônico que destrói o reboco das paredes ou o estampido que precipita a avalanche.
Mas o som é também uma força construtiva, como os médicos e quiropratas estão descobrindo a cada dia. O ultra-som (ondas de som de alta freqüência) está sendo usado para tudo, para limpar feridas, diagnosticar tumores ou pulverizar pedras nos rins. Um dia poderá ser usado até para injetar remédios, tornando as agulhas obsoletas.
Os cientistas têm pesquisado o impacto que o som produz no cérebro. Certo tipo de música clássica, como Bach, Mozart e Beethoven, produz uma grande variedade de benefícios, como a elevação do QI, a expansão da memória e a aceleração do aprendizado. Alguns adeptos da medicina alternativa têm experimentado o uso de tons específicos na cura de órgãos. Outros pesquisadores estão estudando os efeitos de alguns dos sons originados no aparelho vocal humano, como a oração e o canto.
Som, a energia da criação? Algumas pessoas utilizam o canto para produzir relaxamento ou cura; outras, para contactar Deus e o infinito. Muitas pessoas estão descobrindo também que o som é a energia que produz as coisas, que as faz existir. É a energia que pode criar. Se usarmos a energia do som de forma apropriada, poderemos produzir mudanças positivas em todas as áreas da vida.
Durante séculos os místicos têm afirmado que, na realidade, o som cria a matéria. (Místicas são pessoas que buscam um contato direto com Deus). Os místicos acreditam que o mundo é o reflexo de infinitas combinações de padrões sonoros. Eles dizem que todas as coisas — da maior estrela à pequenina flor, assim como você e eu — somos coagulações de ondas sonoras.
Isto pode ser difícil de entender e mais ainda de acreditar. Mas a ciência tem corroborado algumas das afirmações dos místicos. Em escala cósmica, existem certas evidências de que o som deixou registros nas galáxias. Alguns cientistas afirmam que as galáxias não estão agrupadas ao acaso, mas sim de acordo com um padrão regular. Pesquisas recentes sugerem que foram ondas de som primordiais que ajudaram a criar este padrão de agrupamento
Em seus experimentos, o cientista suíço Hans Jenny fez com que ondas sonoras atravessassem vários tipos de materiais maleáveis, como massa e areia. Quando analisamos os padrões criados por estas ondas, começamos a imaginar como pode ter se dado à criação através do som.
E a canção de todos os seis céus não foi somente ouvida, mas vista. — A Visão de Isaías.
O som através do qual todas as coisas foram criadas não é um som qualquer. É a Palavra de Deus. Místicos hindus, budistas e judeus acreditam que esta Palavra cria e permeia tudo o que existe. Se acreditarmos nos místicos, a Palavra é o maior poder criador do universo.
E existe uma forma de utilizarmos esta força. Os místicos do Oriente e do Ocidente conectam-se com o poder da criação repetindo mantras e os nomes de Deus.*
* Um mantra é uma palavra ou uma combinação de palavras consideradas sagradas. Muitos mantras são compostos de palavras em sânscrito. Segundo a tradição hindu, os mantras foram inspirados por Deus a sábios capazes de ouvir os tons fundamentais do universo.
Os místicos hindus e cristãos acreditam que os mantras podem liberar forças capazes de criar ou destruir. De acordo com textos hindus, os iogues usavam mantras junto com visualizações para acender fogo, materializar objetos (como alimentos), fazer chover e influenciar o desfecho de batalhas.
No entanto, produzir mudanças físicas não era o seu objetivo principal. Eles acreditavam que os mantras os ajudavam a atingir a iluminação e a união com Deus, ao proporcionar proteção e sabedoria, aumentar a concentração e a capacidade de meditação, impulsionando-os em direção a Deus. ‘Mas quem pode ir a Deus senão por Cristo?’
Os hindus e budistas não são os únicos a usar o poder da Palavra. Orações são cantadas e recitadas em igrejas, templos e mesquitas do mundo inteiro. Os católicos rezam o Pai Nosso em voz alta nas suas igrejas. Os judeus recitam o Shema nas sinagogas. Alguns monges cristãos entoam cânticos. Talvez esta prática esteja tão difundida porque pessoas de diferentes religiões reconhecem a eficiência da oração falada.
Shri-Yantra: O yantra é um diagrama geométrico usado na meditação. O Shri-Yantra (tem sido usado durante séculos no Oriente para representar o equivalente visual de um mantra. Ondas de som emitidas através de transmissor eletrônico reproduziram o mesmo padrão do yantra (à direita). Será que a ciência redescobriu o que a antiguidade já conhecia — que o som cria matéria?
O Poder Energizador Dos Cantos Gregorianos - Um grupo de monges beneditinos descobriu um benefício inusitado gerado pelos seus cantos Gregorianos: o canto energizava-os fisicamente.
Em 1967, Alfred Tomatis, médico francês, psicólogo e especialista em ouvido, estudou os efeitos do canto entre os monges beneditinos. Durante centenas de anos, eles mantiveram uma rotina rigorosa, dormindo pouco e cantando de seis a oito horas por dia. Quando um novo abade alterou o horário e diminuiu as horas de canto, eles sentiram-se cansados e letárgicos. Quanto mais dormiam, mais cansados pareciam ficar.
Tomatis foi então chamado para descobrir o que havia de errado com eles. Ele acreditava que cantar (e escutar um certo tipo de música) produzia um efeito especial — o de energizar o cérebro e o corpo. Ele disse que os monges "cantavam para se recarregar”. Ele reintroduziu o canto junto com um programa de audição de sons estimulantes e, rapidamente, os monges descobriram que sua energia havia voltado ao normal. Quer soubessem disso ou não, os monges descobriram o poder do som, especialmente o da oração falada ou cantada.

Comentando –
Independente da sua religião, as orações podem e devem ser acrescentadas às suas devoções diárias. As orações são a forma mais poderosa e eficaz de utilizar a energia de Deus. São a chave para mudar a si mesmo e ao mundo se rogada em nome de Jesus, uma oração pode ser feita em voz alta ou silenciosa logo você descobrirá por experiência própria, o enorme poder que desencadeará ao praticar com fé
As pessoas perguntam: "Por que preciso orar a Deus mais de uma vez?" O motivo é que repetir a ação de oração não significa fazer um pedido várias vezes. Cada vez que oramos em específico, fortalecemos o poder do pedido, qualificando-o cada vez mais com a energia benéfica de Deus. Começamos também a entrar num estado de união com Cristo.
Monges medievais afirmavam que, depois de várias semanas em oração durante várias horas, entravam num estado alterado. Diziam ser capaz de ver uma poderosa luz envolvendo-os, que comparavam à luz que os discípulos viram na face e nas vestes de Jesus quando durante a transfiguração. Um místico descreveu esta condição como "o mais agradável calor", uma "alegria efervescente". Ele dizia encontrar-se num estado além do prazer e da dor, experimentando "leveza e frescor, prazer de viver e insensibilidade à doença e aos sofrimentos". E este é o estado em que a carne é "inflamada pelo Espírito Santo, de modo a que todo homem se torne espiritual" Chamaram-no um momento transformador, no qual alcançaram o mais elevado estado de consciência possível para um ser humano.
Na oração você está conectada com Deus; mas o poder não é seu, o poder é de Deus. Você está em sintonia com Deus. É um estado elevado, completamente diferente dos estados artificiais que alcançamos através de quaisquer outros meios.
A oração é uma concessão de poder. É uma fórmula que dá acesso à autoridade de Deus e à Sua energia criativa, quando utilizada com amor. Ao usá-la, você não está se colocando como se fosse um deus separado de Deus. Pelo contrário, está afirmando a sua união com Deus. Está dizendo: "Deus em mim está fazendo esta oração. A energia de Deus flui através de mim, obedecendo ao pedido que vem em nome do seu Filho Jesus. E Deus está cumprindo a sua lei através da ciência do poder da sua Palavra".
Portanto antes de começar a sua sessão de oração faça uma inspiração lenta e profunda. Relaxe completamente o ar dos pulmões e inspire lentamente, mantenha uma respiração lenta e ritmada, nunca chegue ao ponto de ficar ofegante. Procure respirar bem devagar, feche os olhos, curve sua cabeça, faça uma meditação analisando a te mesmo, visualize seu pedido, concentre-se neste desejo e na sessão de oração, fale ou medite compassadamente e depois, fique um pouco em silêncio, procure não pensar mais em nada como que esperando uma resposta do Espirito Santo e lembre-se você nunca está habilitado a receber nada de Deus e que é pela misericórdia Dele que será atendido o teu pedido e que é pelo sangue de Cristo que são perdoado os teus pecados
Outro benefício da prática da oração é acumular momentos de energia positiva (a força da fé) que pode ser usado em horas de necessidade. É como se fosse um reservatório de emergência. Quando acumula estes momentos, ou reservatório, ele está ali para qualquer emergência, como um acidente de carro ou uma situação perigosa. Você pode acessá-lo fazendo um gesto - como um olhar para céu ou clamar o nome de Cristo (é poderoso/a a ação).
Entrar em um estado mais elevado de consciência, o estado de união com Deus é o motivo pelo qual as pessoas declamam seus decretos, cantos, mantras ("instrumento da mente") e orações.
Lembre-se Ele disse – "Eu Sou a Ressurreição e a Vida !"

Pesquisado por Clédio Monteiro - 2002-01-22

enviado por Clédio - Dio as 02:12:02. comentários[0]

envie este texto para um amigo

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2004



Igreja de Sucesso

Mesmo comissionada pelo Senhor, a levar sua mensagem a um povo rebelde, no entanto, embora devesse, não é formada de crentes perfeitos vivendo perfeitamente os princípios perfeitos, mas sim, por pessoas levantadas pelo Senhor, que imperfeitos no caráter, entretanto, é variado por uma ambigüidade deliberada. Uns apresentam-se como homens exemplar chamados por Deus, recebendo o poder sobrenatural do Espírito Santo para apascentar seus rebanhos levando-os a uma vida de paz (Jz 3. 9-10). Outros triunfam por meio do engano e do assassinato (Jz 3. 15-26). Outros relutam em obedecer ao Senhor ao insistir que precisa de ajuda, e as vezes se acusam ou se humilham, mas que, acham a graça de estende o perdão uns aos outros, permitindo que o poder de Deus restaure suas vidas.
Embora a igreja seja perseverante na sua comissão, é um povo humilde que não confia em si mesmo para resolver seus problemas, mas espera no Senhor, e nunca acusa Deus nas adversidades.
Aprendendo relacionamento, prova com Deus, uma vida abundante ultrapassando a compreensão dos seus adversários.
Perseguida, muda sua má sorte orando ao Senhor e preocupando-se com os mais aflitos, que na angustia, atormento e inquietação os vê envolvidos diretamente na obra de Satanás.
E no Evangelho de Cristo, o qual se tornou sua verdade, está a base da perenidade do trabalho de recuperação, que visa o restabelecimento da aliança do homem com Deus.
Pertencer a Igreja do Senhor, é mais do que uma conotação meramente de fé. É um estilo de vida que funciona na edificação da família, no estabelecimento dos negócios, no papel de contribuinte do dízimo e no grupo pequeno como um irmão contagiante.

Ir. Clédio Monteiro
2004-01-31
=


enviado por Clédio - Dio as 03:13:14. comentários[0]

envie este texto para um amigo
A Verdade Leva à Vitória

Onde a verdade impera, lá está a vitória, mas onde a verdade for subjugada, a derrota vence.
Falando da verdade no âmbito da família onde ela é mais oprimida possível, tenho um testemunho a fazer:
As vezes nós sofremos por causa dos nossos filhos não terem se convertido, sofremos porque nosso cônjuge não quer aceitar Jesus, em fim, desejamos que a nossa família seja toda salva, mas esquecemos que só existe vitória onde a verdade for plena. A verdade, tem que ser absolutamente soberana em nossa família, para que ela possa ser vitoriosa em todos os aspectos, principalmente de salvação.
Uma simples verdade camuflada, ou seja, toda vez que damos para a mentira o lugar da verdade, estamos substituindo a vitória pela derrota, estamos trocando nossa realidade por fantasia, estamos virando as costa para Jesus e nos reconciliando com o Diabo.
Muitas vezes, não falamos a verdade, porque temos meda da reação das pessoas que nós amamos. Isso, porque, somos incrédulo quanto ao livramento do Senhor que diz; “a verdade vos libertará!”
Quando fiz dois anos de convertido (hoje estou com seis), na minha família, eu era o único crente, meus dois filhos e a minha esposa, ainda não tinham se convertidos.
Nessa época, aconteceu um fato inédito na minha vida. Como, não sei, mas chamei meus dois filhos, e a minha esposa, e comecei a contar-lhes a terrível história da minha vida, que até então, era segredo de estado. Meus filhos foram ficando de boca aberta (minha esposa, sem comentários), a cada passo, e foram concluindo coisas tipo: eu tenho um irmão que não conheço! Meu pai foi pego brigando na rua e foi preso! Os negócios da família foram negligenciados pelo meu pai! Meu pai traia minha mãe! E por ai a fora. E eu continuava a bombardear meus filhos e minha esposa, com tudo quanto era verdade cabeluda que havia escondido desde a minha mocidade. Eu não acreditava no que estava fazendo, mas queria me libertar de tudo aquilo para sempre e quanto mais eu confessava, mais vontade eu sentia de confessar. Era como se eu estivesse possuído. Minha família ouviu da minha boca, que eu nunca tinha sido um herói; na verdade, eu mentia quando tentava me passar por um.
Quando eu resolvi contar toda essa verdade, confesso que não sabia como isso iria acabar, era um grande risco, por isso, aquele dia, tinha sido vivenciado muitas vezes nos meus pensamento, e eu tremia só de pensar que teria que fazer, mas sabia que esse dia tinha que chegar na minha vida, senão, não teria como continua com Cristo, já que eu sentia um desejo imenso de andar na sua presença de compartilhar uma vida mais real onde não fosso preciso mentir, onde eu pudesse ser eu mesmo; e sempre que pensava em Deus como meu Pai, eu o via como meus filho poderia me ver e meditava: Deus, é um Pai verdadeiro, por isso, eu o amo, e o sigo; então como meus filhos poderiam me amar e me seguir se eu não fui verdadeiro com eles, como eu poderia encara-los sendo falso, em quanto que, ao mesmo tempo, eu tenho um Pai que e só verdade para mim. Foi a decisão mais difícil da minha vida.
Quando eu terminei de contar a minha história de vida, olhei para meus filhos, ao contrario do que esperava, os seus olhos brilhavam e eu pude ver neles, que, diziam com um certo alivio – ainda bem que meu pai é normal, um homem comum, com suas franquezas, mas, contudo, corajoso ao ponto de confiar em nosso amor por ele.
Foi uma jogada audaciosa eu confesso, mais foi a melhor de todas, pois a partir daí, meus filhos que já experimentavam a cerveja e o cigarro, foram se convertendo, suas noivas também, minha esposa idem, nossa caseira que é como uma irmã, pois mora conosco a quase 20 anos, foi para a igreja em fim, hoje somos uma família convertida que serve ao Senhor, haja o que houver seja como for.
Doravante, tomamos o hábito de não escondermos nada um do outro. Somos ciente das nossas franquezas e as confessamos para que assim possamos encontrar o espírito de misericórdia e receber perdão e auxilio sem discriminação.
Com isso, meu comportamento junto a Deus no que se refere a confessar pecados, é o mais tranqüilo possível. Se peco, vou direto a Ele e confesso sem rodei. Aprendi a confiar no perdão de Deus, assim como, confiei nos de meus filhos e da minha esposa. Dessa forma, ganhei à habilidade de me sentir filho de Deus em qualquer circunstância, sempre a contar com todo tipo de ajuda que precisar de meu Pai, da mesma forma, como dispenso aos meus filhos.
Eu e minha esposa, agora, nos dedicamos ao ministério de família, onde lecionamos o curso “Casados Para Sempre” a fim de expandir nossa experiência.
Creiam, a verdade confessada dentro do lar, é o próprio Espírito Santo de Deus se manifestando no seio da família. E nessas condições, quem nos vencera? De outra forma, como podemos ajudar a salvar nossa família?
O poder de Deus não se manifesta através de efeitos especiais, mas nas palavras simples e verdadeiras.

Ir. Clédio Monteiro
2004-02-03
=



enviado por Clédio - Dio as 01:58:16. comentários[0]

envie este texto para um amigo
Caro Paulo
Nestes momentos de aflição, que estais angustiado, atormentado e inquieto, vejo o quanto foste envolvido diretamente na obra de Satanás. Você pode até não entender devido eu também está passando por tudo isso. Mas veja que há uma grande diferença no que estou passando com o que você está passando. Aparentemente parece a mesma coisa, mas tendo eu recebido o Espírito Santo por ter convertido minha vida em Cristo, tudo isso, são provações para minha vitória, enquanto que contigo, pelo fato de você ainda não ter se declarado a tu submissão a Cristo, como seu único e suficiente Salvador, isso é motivo para que o inimigo de Cristo, a saber o Diabo, venha à você com todos esses tormentos para ti levar à derrota. Sim, porque não há vitória sem Cristo, embora você possa dizer que você crê em Jesus e o respeita, mas pelo fato de você nunca ter declarado isso, não é considerado como filho. É a mesma coisa de se prometer um presente e não se dar. Presente só é presente quando se recebe. Você ama Deus mas não testemunha esse amor numa Igreja, então não há de fato uma aliança, há sim, uma grande possibilidade de uma aliança o que é muito diferente.
Paulo, dessa forma, é preciso definitivamente você saber das leis Espirituais que vão te possibilitar entender melhor a necessidade de você tomar uma atitude corajosa de seguir Jesus e então receberá a vitória na terra e um tesouro no céu.
Assim como há leis físicas que governam o universo, há também leis espirituais que governam seu relacionamento com Deus.
PRIMEIRA LEI: Deus o ama e tem um plano maravilhoso para À sua vida.
· O amor de Deus – “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16).
· O Pano de Deus – “eu vim para que tenha vida e a tenha em abundância” (uma vida plena e com propósito) (João 10:10).
· OBS Porque que a maioria das pessoa não conhece essa “vida em abundância?”

SEGUNDA LEI: O homem é pecador e está separado de Deus; por isso não pode conhecer nem experimentar o amor e o plano de Deus para a sua vida.
· O homem é pecador – “pois todos pecaram e carecem da glória de Deus” (Romanos 3:23)
· O homem está separado – “porque o salário do pecado é a morte” (separação espiritual de Deus) (Romanos 6:23)
· Deus é Santo e o homem é pecador - Um grande abismo separa os dois. O homem está continuamente procurando alcançar a Deus e a vida abundante, através de seus próprios esforços; vida reta, obras, religiosidade, astrologia etc.
· OBS - A terceira lei nos oferece a única resposta para o problema da separação...

TERCEIRA LEI: Jesus Cristo é a ÚNICA solução de Deus para o homem pecador. Por meio d’Ele você pode conhecer o amor e o plano de Deus para a sua vida.
· Ele Morreu em Nosso Lugar – “Mas Deus prova o seu próprio amor conosco, pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecador” (Romanos 5:8)
· Ele ressuscitou Dentre os Mortos – “Cristo morreu pelos nossos pecados... foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras” (II Coríntios 15:3-4).
· Ele é o Único Caminho – “Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim” (João 14:6)
· Deus ligou o abismo que nos separa dele, ao enviar seu Filho, Jesus Cristo, para morrer na cruz em nosso lugar.
· OBS - Não é suficiente conhecer estas três leis...

QUARTA LEI: Precisamos receber a Jesus Cristo como Salvador e Senhor, por meio de um convite pessoal. Só então poderemos conhecer e experimentar o amor e o plano de Deus para a nossa vida.
· Precisamos Receber a Jesus Cristo – “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber; aos que crêem no seu nome” (João 1:12).
· Recebemos a Cristo pela Fé – “porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie” (Efésios 2:8-9).
· Recebemos a Cristo por meio de um convite pessoal – Cristo afirma: “eis que estou à porta, e bato: se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa” (Apocalipse 3:20).
· OBS Receber a Cristo implica em arrependimento, significa deixar de confiar em nossos próprios esforços, crendo que Cristo ao entrar em nossa vida, perdoa os nossos pecados e faz de nós aquilo que Ele quer que sejamos.

Paulo, você pode receber a Cristo agora mesmo em oração (orar é falar com Deus). Deus conhece o seu coração e está mais interessado na atitude do seu coração do que em suas palavras. A oração seguinte serve como exemplo:
“Senhor Jesus, eu preciso de ti. Abro a porta da minha vida, e te recebo como meu Salvador e Senhor. Eu ter agradeço porque me aceitas como eu sou, e perdoas os meus pecados. Tomo conta da minha vida. Desejo estar dentro do teu plano para mim. Amém”
Paulo, esta oração exprime o desejo do seu coração? Se expressa, faça esta oração agora mesmo e Cristo entrará em sua vida, como prometeu. Posteriormente vá a uma Igreja Evangélica e der continuidade a sua convenção com Deus.
Agora é contigo amigo, tudo depende de você – Deus disse: ‘Eu te dei a vida e a morte; escolhas a vida para que não morras”

Do seu irmão Clédio que aguarda uma boa nova de ti!
2004-02-03
=
Tecnologia do Blogger.