Breaking News

ads header
  • Breaking News

    terça-feira, 7 de outubro de 2008

    666 - A fraqueza dos poderes totalitários!

    "Eles chegam achando que a corrupção é uma componente essencial do mundo dos negócios. BKA"

    Aqui está a sabedoria. Aquele que tem entendimento calcule o número da besta, pois é número de homem. Ora, esse número é seiscentos e sessenta e seis. Apocalipse 13,18.
    O número 666 retém uma significância peculiar na cultura e psicologia das sociedades ocidentais. Como muitas pessoas tentaram evitar o número de "azar" 13 (a fobia desse número é chamado de "triskaidekafobia"), muitas pessoas procuraram um caminho para evitar o "Número do Diabo". O medo do número 666 é chamado de "Hexakosioihexekontahexaphobia".
    Por exemplo, quando a gigantesca fábrica de CPU Intel introduziu o Pentium III 666 MHz em 1999, eles escolheram para o mercado o Pentium III 667 com o pretexto que, a velocidade 666,666 MHz não era mais específica que 667 MHz. Assim, se os olhos nao veêm 666 o coração nao sente relação com o inferno.
    O que representa o enigma 666? A Bíblia revela que é “número de homem” – creio que o entendimento consiste em recompor a idéia partindo de elementos que tenham um significado determinado, sendo tais significados um conceito que expressa coisas desejadas pelo homem. A palavra chave aqui é “número” e número, é uma linguagem obscura - são elementos unidos em um conjunto de coisas, séries ou ações; é um símbolo que representa grandeza (quantidade), [No Aurélio - (bras.) porção, corrimaca, despotismo, despropósito, destempero, disparate, imundícia ou imundície, mundo, mundão, mundaréu, mundéu, pá, panázio, montoeira, catervagem] , chamo sua atenção para despotismo - Autoridade de déspota. Poder absoluto e arbitrário. Sistema de governo que se funda no poder de dominação sem freios; tirania.
    Portanto, quem nao respeita lei ou regras ou aceita restrições é a corrupção; o corrupto - ideologia a serviço do poder. Pode ser o último monstro de muitos falsos messias que manifestaram o espírito do anticristo – sua ação é, corromper; decompor; putrefação; devassidão; depravação; perversão. Alem do suborno (peita) e do ultraje dirigido contra pessoa ou coisa respeitável. São valores que o poder absoluto da corrupção propõe como valores divinos, violentando as consciências – coisas do mundo, “número de homem”
    A corrupção comanda o pretensioso, pedante, presunçoso chamada falso profeta (Ap. 16,13) – que por sua vez é adorado por todos aqueles que não conhecem e/ou não vivem o testemunho de Jesus. Dessa forma propaga a ideologia da perseguição de morte civil (perda de todos os direitos e regalias sociais), dos discípolos de Jesus por não aceitarem a idolatria.
    O falso profeta é a mídia (O conjunto dos meios de comunicação, e que inclui, indistintamente, diferentes veículos, recursos e técnicas, como, p. ex., jornal, rádio, televisão, cinema, outdoor, página impressa, propaganda, mala-direta, balão inflável, anúncio em site da Internet), com sua propaganda ideológica, sustenta os poderes absolutos, cuja essência é a falsidade: apresenta o mal com aparências de bem (cordeiro e dragão), para levar as pessoas a aceitarem um sistema político desumano, como se este viesse de Deus. É uma caricatura do Espírito Santo (Jo 14,26).
    Os cristãos devem manter o espírito crítico, para serem fiéis e perseverarem pois Deus vai realizar o que projetou.
    A mídia promete grandes milagres e mudanças, mas falsamente. Para sustentar os poderes e impor respeito e até mesmo adoração, a propaganda multiplica a imagem dos poderosos, fazendo crer que são onipresentes e vigilantes. Graças à manipulação, a corrupção controla a ação (mão direita) e o pensamento (fronte) de toda a sociedade (todas as categorias sociais). Para poder participar da economia (comprar e vender), todo mundo deve pensar e agir de acordo com a corrupção. "Eles chegam achando que a corrupção é uma componente essencial do mundo dos negócios. BKA" .
    Esse nivelamento de todas as classes sociais com o mesmo pensamento e ação, é uma paródia do Reino de Deus.
    O número seiscentos e sessenta e seis, contudo, pode também significar o máximo de imperfeição, pois seis não atinge sete e é metade de doze. Indicaria, assim, a relatividade e fraqueza dos poderes totalitários.

    (Luiz Clédio)
    Pesquisa – Apocalipse.
    Junho/2007

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Não use o silêncio como a melhor forma de dizer Aleluia!
    Deixe seu comentário.
    Ele é muito importante.
    Obrigado